\imprensa Viva
.

Pelo visto, até Renan Calheiros já se arrependeu por ter apoiado Lula na Caravana da Vergonha.



O depoimento do ex-ministro Antonio Palocci contra o ex-presidente Lula foi tão pulverizador, que as consequências continuam repercutindo uma semana depois. Um dos principais advogados do petista, o criminalista José Roberto Batochio, acaba da abandonar a defesa do ex-presidente. Batochio alegou conflitos com a relação profissional que manteve com Palocci, de quem ouviu várias confidências desconcertantes.

O outro advogado de Lula, Roberto Teixeira, sogro do outro advogado de Lula, Cristiano Zanin, informou que não vai comparecer ao interrogatório marcado pelo juiz Sérgio Moro para esta quarta-feira,13. Alegando motivos de saúde, Teixeira é réu na mesma ação em que seu cliente é acusado de receber vantagens indevidas da Odebrecht. O papel de Teixeira era justamente o de ocultar o recebimento de propina de Lula, recorrendo a laranjas como o primo de José Carlos Bumlai, Galuco Costamrques. O laranja de Lula confirmou em depoimento a Sérgio Moro esta semana a participação de Roberto Teixeira nas manobras de ocultação de patrimônio do petista.

Mas o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci foi mesmo o mais devastador da semana. Desde então, dezenas de lideranças políticas que haviam se comprometido a apoiar o ex-presidente já deram pra trás. Entre os 'arrependidos', estaria até mesmo o senador Renan Calheiros, que recepcionou o petista em Alagoas durante a passagem de Lula com sua caravana da vergonha pelo estado. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget