\imprensa Viva
.

Lula é o covarde mais rápido do oeste. Antes mesmo de ser julgado pelo TRF-4, pede anulação de condenação de Moro



Em poucos meses,  Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) da Segunda Instância, em Porto Alegre, dará início ao julgamento do ex-presidente Lula, condenado em primeira instância pelo Sérgio Moro no processo referente ao “caso do triplex” no Guarujá.

Mas antes mesmo que tenha início seu julgamento, o petista, por meio de sua defesa, protocolou, na noite de ontem (11), no mesmo TRF-4, um pedido de recurso contra a sentença do juiz federal Sérgio Moro. Lula foi condenado, em julho, a nove anos e seis meses de prisão, por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

No documento de 490 páginas, os 12 advogados de defesa do petista pede a nulidade ou a reversão da condenação e que Lula deve poder depor novamente, no mesmo caso, na primeira instância, com o juiz Sérgio Moro. Na prática, Lula quer anular a decisão já proferida e pede que tudo volte à estaca zero.

O petista nem começou a ser julgado na segunda instância e já recorre ao próprio TRF-4 que irá julgá-lo para que seu caso volte à primeira instância. Lula é sem sombra de dúvidas o covarde mais rápido do Oeste.

A defesa de Lula alega que "O pedido foi baseado na demonstração de que o juiz de primeiro grau jamais teve interesse em apurar a realidade dos fatos e atuou como verdadeiro acusador: enquanto o MPF [Ministério Público Federal] fez 138 perguntas a Lula durante o seu interrogatório, o juiz formulou 347 questões ao ex-presidente, a maior parte delas sem qualquer relação com o processo".

A equipe de advogados de Lula sustenta que a análise de Moro foi "parcial e facciosa" e "descoberta de qualquer elemento probatório idôneo". O magistrado teria falhado ao estabelecer a pena com base apenas na "narrativa isolada" do ex-presidente da construtora OAS José Aldemário Pinheiro Filho, conhecido como Léo Pinheiro, sobre "um fantasioso caixa geral de propinas" e a suposta aquisição e reforma do imóvel.

Lula continua chorando por causa da velha condução coercitiva e afirma que aquela medida foi caracterizada por violações a requisitos legais.

Lula é tão rápido no gatilho que agora tenta convencer o TRF-4 justamente sobre aquilo que os desembargadores ainda vão julgar. Ou seja, para que serve a segunda instância mesmo?
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget