\imprensa Viva
.

Luis Roberto Barroso teria rabo preso com Sérgio Cabral, disse José Eduardo Cardozo a Joesley Batista em gravação



Na gravação em que tramava usar o ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o criminoso Joesley Batista pretendia chantagear ministros do Supremo Tribunal Federal e obter proteção contra eventuais investigações no futuro.

A trama foi revelada na gravação acidental na qual Joesley tramava com Ricardo Saud atrair Cardozo para uma arapuca, para depois fritá-lo. Agora se sabe que o plano chegou a ser colocado em prática. Joesley efetivamente convidou Cardozo para um jantar em sua mansão em São Paulo e gravou a conversa com o ex-ministro da Justiça do governo Dilma.

Na gravação, Cardozo teria sido deselegante ao se referir à Dilma e fez menções sobre o comprometimento do ministro do STF, Luis Roberto Barroso, com o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral.

Barroso conseguiu chegar ao STF em 2013 graças à forte campanha junto a então presidente Dilma Rousseff promovida pelo então governador fluminense, Sérgio Cabral, o próprio ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o secretário executivo da Casa Civil, Beto Vasconcelos, e o ex-deputado federal e também advogado Sigmaringa Seixas, amigo próximo de Lula. Cabral afirmava que 'poderia' precisar de alguém no STF. Na época, as relações de Dilma com Cabral eram ótimas, e a presidente chegou a confidenciar que não podia negar um pedido do ex-governador do Rio.

Com informações da Veja
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget