\imprensa Viva
.

Joesley está tão encrencado que ninguém quer colocar a mão em seus milhões. Até Gilmar Mendes lhe negou habeas corpus




O açougueiro Joesley Batista e seu irmão sonso Wesley Batista estão realmente muito encrencados com a Justiça, após a associação criminosa com o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para derrubar o governo. A bronca para o lado dos Friboys é tão pesada que ninguém mais é louco de colocar as mãos nos milhões que os dois estriam dispostos a 'perder' em troca da liberdade.

Nesta sexta-feira, 22, o ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou um pedido de habeas corpus em favor da dupla de herdeiros da JBS, presos preventivamente em São Paulo.

Gilmar, o mesmo que mandou soltar praticamente toda a máfia do transporte coletivo do Rio de Janeiro, alegou que o mérito do caso ainda não foi julgado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça). Com se nesta altura do campeonato, alguém fosse acreditar que Gilmar Mendes leva esse negócio de mérito tão ao pé da letra.

O ministro, que anda com o filme queimado junto a opinião pública, aproveitou-se da situação para dar uma levantada na moral e disse ainda que não está evidente que o decreto de prisão preventiva de ambos é "desproporcional". Segundo ele, a decisão "fundamentou o risco à ordem pública na gravidade concreta do crime que, na avaliação do magistrado, 'afetou gravemente a economia nacional'".

"A gravidade concreta do crime, representada pelas circunstâncias especialmente gravosas da infração penal, é um indicativo válido da periculosidade do agente e de seu potencial para reiterar ilícitos", afirmou.

O pedido de liberdade de Joesley foi sorteado ao ministro. Por questão de prevenção, o de Wesley também foi distribuído para o gabinete de Mendes.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget