\imprensa Viva
.

Há poucos dias, Dirceu dizia que preferia morrer a delatar. Se gabar em liberdade é fácil. Vamos ver agora




Há poucos dias, o ex-ministro José Dirceu havia afirmado que preferia morrer do que fazer delação premiada. A declaração foi feita no início do mês de setembro. Dirceu já havia sido condenado pelo juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato, a uma pena de 20 anos e 10 meses de prisão no processo que envolve a empreiteira Engevix.

Após 1 ano e 9 meses na cadeia no Paraná, fundador do PT foi solto em maio por decisão de 3 dos 5 ministros da Segunda Turma do STF – Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

 Ao ser questionado sobre as tratativas do acordo de delação do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci e sobre o depoimento apocaliptístico do ex-colega ao juiz Sérgio Moro, Dirceu afirmou que “Só luta por uma causa quem tem valor. Os que brigam por interesse têm preço. Não que não me custe dor, sofrimento, medo e às vezes pânico. Mas prefiro morrer que rastejar e perder a dignidade”.
Dirceu afirmou que estava disposto a suportar de tudo em nome de uma “causa” e que Palocci jamais teria tido qualquer compromisso com ela.

Em liberdade, é fácil dar uma de durão. Dirceu deve ser recolhido em breve para passar mais uma boa temporada no presídio do Complexo Penal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Da última vez que foi detido, o petista tinha uma expectativa de passar no máximo um ano na prisão enquanto seus amigos mexiam os pauzinhos aqui fora. Ficou um ano e nove meses. Com a confirmação de sua sentença, agora na Segunda Instância, a situação do petista se complica bastante. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) ampliou sua sentença em mais dez anos. Isto significa que Dirceu terá que cumprir ao menos mais seis anos de prisão, antes de progredir para o semiaberto, em que poderá deixar a prisão durante o dia para trabalhar. Na melhor das hipóteses. O tempo pode ser maior caso o petista sofra uma ou mais condenações em Segunda Instância. Dirceu é réu em ações penais. Dirceu é réu em outros dois processos. Resta saber seu manterá sua disposição de se manter calado em nome de uma “causa” por mais dez anos. O TRF-4 aumentou sua pena para 30 anos, nove meses e dez dias.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget