\imprensa Viva
.

Dilma se torna inelegível em 2018, caso apenas uma de suas condenações na Justiça se confirme até lá



Após o estrago sofrido por Lula na mão de seus cúmplices em dezenas de crimes, tudo indica que chegou a vez da ex-presidente Dilma Rousseff começar a colher o que plantou. Enquanto seu padrinho está praticamente com um pé na prisão, a petista começa a enfrentar os primeiros processos na Justiça pouco mais de um ano após ter sido defenestrada da Presidência.

E Dilma já começou com chave de ouro sua via crucis  criminal. A petista foi denunciada esta semana como quadrilheira integrante da organização criminosa chefiada por Lula no maior inquérito criminal que tramita no Supremo Tribunal Federal, o do "Quadrilhão" que assaltou a Petrobras. A Petista também foi denunciada à Corte por crime de obstrução de Justiça. E isto é apenas o começo.

Nas denúncias escabrosas feitas pelo ex-ministro Antonio Palcocci, Dilma aparece como protagonista em uma série de crimes narrados por seu ex-ministro e responsável por sua campanha campeã de 2010. Palocci alegou ter provas sobre os crimes que descreve e até queria falar mais, mas foi contido pelo juiz Sérgio Moro, que o tranquilizou e se prontificou a ouvir tudo em outros processos a serem abertos no futuro.

Dilma deve figurar ainda em outra leva de escândalos que estão prestes a sair do forno. Quem está assando a pizza para uma audiência faminta de novos sabores é ninguém menos que seu ex-ministro Guido Mantega, que promete ser ainda mais devastador que Palocci. Embora tenha na receita uma série pedacinhos de Lula picadinha, o ingrediente principal da massa fermentada por Mantega se chama Dilma.

Enquanto Lula caminha a passos largos para sua segunda condenação na Primeira Instância e para a primeira na Segunda Instância, Dilma já deu a largada na corrida que vai tirá-la do páreo em 2018. Denunciada criminalmente duas vezes na última semana, a petista deve se tornar ré mais algumas vezes no STF e depois na Lava Jato, com Sérgio Moro. Mesmo que não pegue uma condenação em Segunda Instância até lá,  a expectativa de que venha concorrer a qualquer cargo público já terá sido totalmente esvaziada pelo excessivo desgaste político provocado por tantos processos criminais e a possibilidade concreta de condenação. A petista estará tão encalacrada que nem onze Fachins poderão livrá-la de seu destino fatal. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget