\imprensa Viva
.

Após chamar o Brasil de merda, Lula é chamado de ladrão por Palocci e de corrupto por Sérgio Moro em rede nacional



Há poucos dias, o ex-presidente Lula desfilava sua arrogância pelo nordeste do país com sua caravana da vergonha. No sábado, 19 de agosto na Bahia, Lula chamou o Brasil de merda.

"Este país tem jeito. Não nasceu para ser a merda que ele é. Este país é grande demais", disse o petista o durante discurso a um grupo de simpatizantes na cidade de Feira de Santana (BA).

As investigações da Operação Lava Jato já comprovaram que Lula, em vários aspectos, é o principal responsável direto pelo maior assalto aos cofres públicos da história do Brasil., réu em várias ações penais e condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção, o petista ainda apostou todo dinheiro que conseguiu roubar na Petrobras para eleger uma sucessora conivente e incompetente para gerir o país. Deu no que deu. A organização criminosa caiu e o PT de Lula e Dilma foi expulso do poder graças a mobilização de milhões de brasileiros indignados.

Mas o que era de Lula estava guardado. Um dia após o término de sua carava pelo Nordeste, o cofundador do PT, Antonio Palocci, confirmou em depoimento ao juiz Sérgio Moro em Curitiba que o ex-presidente é mesmo o ladrão identificado nas investigações da Operação Lava Jato. O ex-ministro petista, membro da alta cúpula do PT e fiel escudeiro de Lula por cerca de 30 ano, revelou detalhes sobre a conta do ex-presidente no banco de propina da Odebrecht. Palocci confirmou que administrou a conta de R$ 300 milhões de propina de Lula, que levava pacotes de dinheiro vivo para o petista no Instituto Lula e as transações de compra de imóveis para o petista através de laranjas e esquemas sofisticados de lavagem de dinheiro.

Uma semana depois do depoimento que devastou por completo o pouco que restava de sua biografia, Lula ainda ouviu em alto e bom som do juiz Sérgio Moro que é um corrupto lavador de dinheiro. Durante seu interrogatório, o petista ousou questionar a imparcialidade do magistrado e manifestou seu descontentamento por ter sido condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no processo referente ao triplex do Guarujá.

“Porque não foi o procedimento na outra ação (do triplex)”, alegou Lula, sendo interrompido imediatamente por Moro.

“Eu não vou discutir a outra ação, a minha convicção foi que o senhor é culpado”, disparou Moro, referindo-se à sentença em que condenou o petista pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget