\imprensa Viva
.

Acuado por Moro, Lula apelou para estratégia suicida. No tudo ou nada para se safar, acabou se complicando ainda mais



Por mais que o ex-presidente Lula seja habilidoso em encontrar desculpas esfarrapadas para seus crimes, o petista ainda não desenvolveu o dom de reverter os fatos. Ao ser confrontado pelo juiz Sérgio Moro sobre os recibos do aluguel da cobertura em São Bernardo que ele jura não ser dele, Lula teve que recorrer à uma estratégia suicida e partiu para o tudo ou nada.

Tudo indica que na busca desesperada por provas que pudessem se contrapor à denúncia contra o petista, sua defesa tenha tentado forjar documentos para comprovar as alegações feitas pelo ex-presidente. Foram então 'providenciados', de forma criminosa, alguns recibos de aluguel. O problema é que a própria defesa de Lula considerou aquela jogada arriscada e preferiu não anexar as tais provas forjadas aos autos do processo.

Mas ao ser duramente confrontado pelo juiz Sérgio Moro sobre os tais recibos em seu último interrogatório, o ex-presidente Lula se viu sem alternativas e deu o aval para que sua defesa apresentasse à Justiça os tais documentos forjados lá atrás.

Esta semana, advogados de Glaucos da Costamarques confirmou ao juiz Sérgio Moro que o empresário assinou, em um único dia, parte dos recibos de aluguel de um imóvel que Lula diz que não é dono.

As cópias dos 26 recibos com datas entre agosto de 2011 e dezembro de 2015 foram entregues à Justiça, na segunda-feira (25), pela defesa do petista, num gesto de puro desespero.

Todos os comprovantes têm a assinatura do laranja Glaucos da Costamarques, primo de José Carlos Bumlai, amigo de Lula e já condenado. A Lava Jato afirma que Glaucos serviu como laranja para ocultar a propriedade do apartamento, que seria propina da Odebrecht para o ex-presidente. Lula nega.

A defesa de Glaucos da Costamarques confirmou que o empresário foi obrigado pelo advogado de Lula a assinar os recibos referentes a 2015 quando estava internado no Hospital Sírio Libanês.

Em petição protocolada à Justiça, os advogados afirmam que, depois de receber a visita do advogado e amigo de Lula Roberto Teixeira, Glaucos recebeu a visita de um contador em dezembro de 2015. Nesta visita, o contador foi colher as assinaturas nos recibos referentes ao ano de 2015. O laranja não queria assinar e confirma que foi pressionado pelo advogado de Lula, Roberto Teixeira.

A defesa do laranja informou que é simples comprovar a fraude feita a mando de Lula. Basta que a Justiça solicite ao Hospital Sírio Libanês os dados relativos aos registros de visitas ao empresário entre 22 de novembro de 2015 e 29 de dezembro de 2015.

Ao juiz Sérgio Moro, Glaucos não falou sobre assinatura dos recibos, mas contou como foi o encontro com Teixeira.

Glaucos: O Roberto Teixeira esteve lá no hospital e falando: "Olha, nós vamos pagar, de hoje em diante nós vamos pagar o aluguel para você". Entendeu?

Moro: E começaram a pagar mesmo?
Glaucos: Começaram a pagar.

Moro: De fevereiro de 2011 a novembro de 2015, o senhor não recebeu nenhum valor por esse...

Glaucos: Não.

Segundo o Ministério Público, uma manobra para dar veracidade a um falso contrato de locação, porque não encontrou movimentação bancária que comprovasse os pagamentos.

Há duas semanas, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-presidente negou qualquer irregularidade.

Moro: O senhor Glauco da Costamarques foi ouvido aqui em juízo e declarou que somente passou a receber o aluguel do imóvel em fevereiro de 2015, logo após a prisão do senhor José Carlos Bumlai, essa é a informação dele. O senhor ex-presidente tinha informação disso?

Lula: Não, e fiquei surpreso com o depoimento dele, porque nunca chegou a mim qualquer reclamação de que não se estava pagando aluguel.

Diante da trapalhada e do risco de responder pelo crime de fraude processual, o advogado de Lula, Cristiano Zanin, publicou um vídeo na internet em que tenta responsabilizar a ex-primeira dama, Dona Marisa, já falecida, pela existência dos recibos. O ex-presidente Lula deve ser indiciado e até mesmo se tornar alvo de um mandato de prisão pelos crimes de obstrução de Justiça e falsidade ideológica.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget