\imprensa Viva
.

A mansão de R$ 22 milhões de Lula em São Bernardo



As investigações da Operação Lava Jato comprovaram que o ex-presidente Lula coordenou dezenas de esquemas de corrupção durante seus dois mandatos, mas evitou se beneficiar diretamente dos dividendos criminosos enquanto estava no exercício do cargo.

Na verdade, Lula fez uma poupança de propina junto a empresários corruptos, empreiteiros e açougueiros, e programou para começar a 'sacar' suas propinas após terminar o mandato em em 2010. Praticamente todas as operações criminosas do petista apontam para esta data. O sítio em Atibaia, a cobertura em São Bernardo, o triplex do Guarujá e até mesmo o terreno para a nova sede do Instituto Lula. O petista foi às compras.

Mas lula tinha planos mais ambiciosos e também queria uma mansão na cidade onde já possuía duas coberturas. Poucas pessoas comentaram o assunto na imprensa, mas o assunto provocou um verdadeiro tititi entre os corretores em São Bernardo do Campo na época. Lula estava pronto para comprar uma mansão de R$ 22 milhões (valor em 2010) do falecido empresário José Roberto Preto, das empreiteiras Emparsanco e H. Guedes, “estrelas” de obras públicas na cidade. As filhas casadas e a viúva queriam muito vender a casa na rua Carlos Maranesi, no bairro Anchieta, o mais chique da região. O negócio quase foi concretizado.

Assim como no caso dos demais imóveis,  o xodó de Lula pela mansão começou quando deixou a presidência. Segundo o colunista Claudio Humberto,  as trapalhadas da família com passaportes e o zum zum zum dos corretores acabou atrapalhando os planos de Lula e ele acabou partindo para outros empreendimentos imobiliários.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget