\imprensa Viva
.

Por que a Globo e outros poderoso do Brasil têm tanto medo do juiz Sérgio Moro?



Muitos brasileiros acreditam piamente que o juiz Sérgio Moro representa um grande problema para o ex-presidente Lula e para o PT de modo geral. De fato, Moro é um juiz determinado a cumprir com as leis, independente de quem seja o criminoso. O azar de Lula e de sua turma, inclusive políticos de outros partidos, foi justamente cair nas mãos de um um juiz como Sérgio Moro.

Mas ao contrário do que muitos podem supor, Moro representa uma ameaça muito maior para outros poderosos que temem a prisão de Lula. Afinal, ninguém sabe como o petista irá se comportar diante da perspectiva de passar vários anos atrás das grades.

A ameaça que Lula representa para gente muito poderosa é óbvia. Como ex-presidente, o petista teve acesso a informações privilegiadíssimas sobre negociatas envolvendo grupos econômicos como bancos, meios de comunicação e também esteve por trás de acordos espúrios na defesa de interesses mútuos envolvendo bilhões do BNDES e outros benefícios que ajudaram a sangrar os cofres públicos que ninguém ficou sabendo.

E é justamente neste sentido que o maior problema dos poderosos não é necessariamente o ex-presidente Lula, mas sim o juiz Sérgio Moro e a sua disposição de prender o petista. Tem muita gente com medo do petista ter o couro muito frouxo e resolver abrir o bico em troca de um acordo sigiloso de redução de pena. É claro que neste caso, Lula não vai entregar nem 10% daquilo que sabe sobre os verdadeiros barões do Brasil, mas qualquer coisa que possa revelar já seria capaz de provocar um escândalo bem maior que o mensalão e petrolão juntos.

É no mínimo estranho que uma emissora como a Rede Globo nunca tenha feito a cobertura da participação de Sérgio Moro em eventos internacionais sobre o combate a corrupção e os crimes de lavagem de dinheiro. Não há como ignorar que uma empresa concessionária de uma concessão de utilidade pública negligencie informações sobre um dos homens mais admirados e respeitados do país.

O medo de grupos poderosos como os bancos, meios de comunicação e gente acima de qualquer suspeita pode resultar em uma campanha agressiva para destruir a imagem do símbolo do combate à corrupção no país. Neste fim de semana, a Folha perpetrou um ataque sórdido contra a honra de Sérgio Moro. A colunista Monica Bergamo deu destaque para uma matéria em que o ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Duran, diz que um amigo de Moro fez oferta extraoficial de acordo de delação premiada.

Moro não deixou barato e divulgou nota na manhã deste domingo (27) uma nota contestando as insinuações de um bandido publicadas com destaque pela Folha:


“Sobre a matéria ‘Advogado acusa amigo de Moro de intervir em acordo’ escrita pela jornalista Mônica Bergamo e publicada em 27/08/2017 pelo Jornal Folha de São Paulo, informo o que segue:

– o advogado Carlos Zucoloto Jr. é advogado sério e competente, atua na área trabalhista e não atua na área criminal;

– o relato de que o advogado em questão teria tratado com o acusado foragido Rodrigo Tacla Duran sobre acordo de colaboração premiada é absolutamente falso;

– nenhum dos membros do Ministério Público Federal da Força Tarefa em Curitiba confirmou qualquer contato do referido advogado sobre o referido assunto ou sobre qualquer outro porque de fato não ocorreu qualquer contato;

– Rodrigo Tacla Duran não apresentou à jornalista responsável pela matéria qualquer prova de suas inverídicas afirmações e o seu relato não encontra apoio em nenhuma outra fonte;

– Rodrigo Tacla Duran é acusado de lavagem de dinheiro de milhões de dólares e teve a sua prisão preventiva decretada por este julgador, tendo se refugiado na Espanha para fugir da ação da Justiça;

– o advogado Carlos Zucoloto Jr. é meu amigo pessoal e lamento que o seu nome seja utilizado por um acusado foragido e em uma matéria jornalística irresponsável para denegrir-me; e

– lamenta-se o crédito dado pela jornalista ao relato falso de um acusado foragido, tendo ela sido alertada da falsidade por todas as pessoas citadas na matéria.

Curitiba, 27 de agosto de 2017.

Sergio Fernando Moro
Juiz Federal”
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget