\imprensa Viva
.

O maior pesadelo de Lula está apenas no começo. Precisão cirúrgica de Moro no caso do sítio em Atibaia é impecável



O juiz federal Sérgio Moro reúne uma série de requisitos encontrados apenas nos maiores estrategistas da história. O magistrado se atém exclusivamente aos fatos, mantém a serenidade e paciência de dar tempo ao tempo e não se permite contagiar pela vaidade, apesar dos frequentes elogios ao seu trabalho.

Azar do ex-presidente Lula, que apesar de ainda estar em liberdade, está enfrentando um juiz meticuloso, rígido e absolutamente zeloso com os rigores da Lei. Esta semana, o Estadão elencou 9 elementos destacados por Moro que incriminam Lula no caso do sítio de Atibaia. Ao tornar o ex-presidente réu no terceiro processo na Lava Jato, em Curitiba, Moro listou itens apresentados pelo MPF, como contrato, notas fiscais, troca de e-mails e bens apreendidos, que indicam vínculo com propriedade rural.

"São elementos como o contrato de gaveta de compra e vendo do imóvel e notas fiscais de bens e serviços relacionados à propriedade, apreendidos pela Polícia Federal na casa de Lula, em São Bernando do Campo (SP), no dia 4 de março de 2016 – quando foram feitas buscas no local e o ex-presidente foi levado coercitivamente para depor -, a apreensão de diversos bens pessoas do casal no sítio, mensagens e e-mails sobre as obras entre outros", destaca a matéria do Estadão.

Em uma das observações mais desconcertantes sobre o caso, Moro lembra que tanto Lula quanto os supostos donos do sítio têm total liberdade de apresentar notas fiscais referentes a reformas de ampliação, instalação de equipamentos e obras de infraestrutura realizadas na propriedade. Obviamente, tudo foi feito por empreiteiras envolvidas na Lava Jato como forma de repasses de propina ao petista, de forma dissimulada. Cúmplices nos crimes atribuídos a Lula, como o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, e o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, já confessaram que as reformas foram feitas em contrapartida por contratos superfaturados na Petrobras. Isto significa que Lula ou os supostos donos do sítio não possuem notas sobre serviços que custaram quase R$ 2 milhões.

Mas Moro tem outros elementos probatórios elencados na denúncia formulada pelo Ministério Público Federal conta o ex-presidente, dentre os quais se destacam:

A proximidade dos formais proprietários com Luiz Inácio Lula da Silva e seus familiares

A informação de que veículos de utilização do ex-Presidente teriam comparecido cerca de 270 vezes no Sítio de Atibaia entre 2011 a 2016 e que agentes de segurança pessoal dele também lá estiveram em mais de uma centena de oportunidades

A colocação de câmaras de segurança no Sítio de Atibaia por ação dos agentes de segurança pessoal do ex-Presidente

As mensagens eletrônicas trocadas entre o caseiro da propriedade rural e o Instituto Lula, inclusive acerca de obras e eventos corriqueiros no sítio

A localização, na busca e apreensão autorizada judicialmente, de diversos bens pessoais de Luiz Inácio Lula da Silva e de seus familiares, inclusive vestuários com o nome do ex-Presidente, na suíte do Sitio

A apreensão de notas fiscais emitidas contra a esposa do ex-Presidente relativamente a bens encontrados no Sítio

 A apreensão de notas fiscais emitidas contra auxiliares do ex-Presidente e empregados da Odebrecht no apartamento dele em São Bernardo relativamente a bens encontrados no Sítio de Atibaia

Mensagens eletrônicas relativas à reforma do Sítio de Atibaia encaminhadas a auxiliares do ex-Presidente

A apreensão no apartamento em São Bernardo do ex-Presidente de minuta de escritura de compra e venda do imóvel de matrícula 55.422, ou seja, parte do Sítio de Atibaia, de Fernando Bittar para o ex-presidente.

Enfim, Lula não tem qualquer chance de escapar de mais uma condenação por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. O petista já foi considerado culpado pelos mesmos crimes no processo  do triplex no Guarujá, que seguiu para a segunda instância.

Ao ser condenado novamente no caso do sítio em Atibaia, é bem provável que o TRF4 já tenha confirmado a primeira condenação de Moro imposta ao petista. Enquanto estas ações tramitam nas Justiça, o petista permanece com seus bens e os R$ 9.6 milhões bloqueados e na condição de criminoso condenado.

Lula é um homem saudável, conforme ele próprio costuma lembrar. O petista cuida bem de sua saúde, se exercita diariamente e faz exames completos com frequência no hospital Sírio Libanês. Ao que tudo indica, Lula terá ainda muito tempo para se arrepender sobre o que fez com a própria vida. Talvez não se arrependa do que fez com a vida de sua família ou com a vida de milhões de brasileiros.

Com informações do Estadão
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget