\imprensa Viva
.

Lucro da JBS cai 80% após treta de Joesley, Janot e Globo



A JBS começa a sentir no caixa os resultados do escandaloso acordo de delação premiada firmado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com os açougueiros da família Batista que serviui de panos de fundo para a última crise política no país. No primeiro resultado após vir a público a delação do empresário Joesley Batista, a JBS anunciou uma queda de 80% no lucro líquido no segundo trimestre, em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 309,8 milhões.

Os escândalos de corrupção impactaram o negócios da empresa, mas ainda não é possível medir com precisão o tamanho do estrago, que pode ser bem maior nos próximos meses. O impacto neste trimestre foi minimizado pelo fato da empresa já ter boa parte dos estoques e contratos definidos para o período quando explodiu o escândalo.

Por parte dos consumidores, houve campanhas de boicote nas redes sociais aos produtos da holding J&F, a controladora da JBS.

A empresa suspendeu suas tradicionais propagandas com celebridades de altos cachês, como Tony Ramos e Fátima Bernardes, e passou a esconder o nome da Friboi em seus produtos. Também fez promoções agressivas para não perder vendas.

Os resultados mostram queda de 7,5% no custo dos produtos vendidos. Os irmãos Joesley e Wesley Batista renunciaram aos postos de presidente e vice do conselho da JBS, após formalização de acordos de delação premiada.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget