\imprensa Viva
.

Globo tenta transformar crise em novela, com cenas dos próximos capítulos que nunca vão ao ar no dia seguinte



O jornalismo da Rede Globo e de seus satélites resolve seguir definitivamente a linha novelesca de Glória Perez para cobrir os fatos políticos recentes no país. Para assegurar a audiência, obviamente das camadas mais estúpidas da sociedade, o emissora e outros veículos mais macacados ainda resolveram investir no jornalismo de folhetim.

Está ficando cada vez mais patético. Alguns jornalistas ainda acreditam que todos os brasileiros gostam de sacanagem, de pornochanchada, de putaria, e tentam transformar a notícia em uma novela totalmente fora da realidade. No desespero de emendar a trama iniciada pelo ex-presidente Lula e seus ladrões, uma novela que definitivamente já acabou, a Globo cai no ridículo de tentar criar vilões, ocultar os verdadeiros bandidos e ainda promete cenas do próximo capítulo que nunca vão ao ar no dia seguinte. O espectador, coitado, fica com cara de bobo, esperando a prisão do mordomo e a exaltação dos heróis da trama, a faxineira que quebra todos os pratos e seu irmão ex-sindicalista milionário.

Estão todos concorrendo ao prêmio "Janoesley" de jornalismo.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget