\imprensa Viva
.

Canalhice da imprensa vai eleger o próximo presidente do país. A Globo não consegue mais enganar o povo



Sempre que os meios de comunicação extrapolam sua atribuição de informar a sociedade com seriedade, imparcialidade e ética, muitos políticos, sobretudo os da esquerda, cogitam tolher a liberdade de imprensa através de propostas estapafúrdias de "democratização" dos meios de comunicação.

De fato, a maior parte dos meios de comunicação já perdeu toda a credibilidade entre os ativistas e simpatizantes da esquerda. Este fenômeno permitiu a ascensão dos sites de esquerda, blogs de aluguel e outros veículos mais alinhados com o socialismo, mas não necessariamente, a seu modo todo particular, inimigos do capitalismo.

O problema é que nos últimos meses, a maior parte dos meios de comunicação do país embarcou numa aventura inglória de tentar tomar as rédeas do jogo de forma mais ampla, estendendo sua foice para setores mais conservadores da política. A manobra não deu o resultado esperado e estes meios acabaram jogando o pouco que restava de sua credibilidade na lata do lixo. Graças a este arroubo manipulador descarado, conquistaram a antipatia de praticamente todos os setores da sociedade.

Os meios de comunicação passaram a mentir para influenciar os leitores segundo seus interesses obscuros de tentar influenciar o voto nas próximas eleições majoritárias. Não é difícil compreender a natureza deste movimento. Boa parte dos políticos aliados destes meios de comunicação caíram em desgraça e o esforço agora consiste em preservar os aliados de seus cúmplices do passado, com vistas a manutenção da relação incestuosa dos meios de comunicação e dos governos.

Há poucos dias, a Globo fez publicar em seus portais uma notícia com a seguinte manchete: "Prefeito João Doria é recebido com 'chuva de ovos' em Salvador". A matéria destaca que "Doria é atingido com ovos na cabeça pelos manifestantes". Ovos no plural. É claro que O GLOBO omitiu que os "manifestantes" eram na verdade assessores de políticos do PT, PSOL e PCdoB.

Como se não bastasse, o G1 publicou uma matéria informando que o "manifestante" que atirou ovos em João Doria sofreu ameaça de morte: "Produtor cultural admite ter jogado ovos em Doria na Bahia e denuncia ameaça de morte em rede social".

Nos telejornais da Globo, praticamente todas as notícias são veiculadas de forma tendenciosa contra o governo. Mesmo as notícias positivas sobre a economia são distorcidas com comparações sobre números do passado,  antes do País enfrentar a pior recessão de sua história.

Sobre o deputado Jair Bolsonaro, absolutamente nenhuma notícia. Nada. É como se o segundo mais indicado nas pesquisas para a Presidência da República em 2018 nem existisse. É fato que a Globo não tem sido nada honesta com relação aos políticos anti-PT e opositores da esquerda criminosa do país. É fato que a Globo, dominada por viciados em dinheiro público, seja o das verbas da SECOM ou dos Bilhões da Lei Rouanet, tenta de todas as formas desqualificar o esforço de João Doria no caso da Cracolândia e em outras medidas, como o combate aos pichadores.

Ao que tudo indica, a Globo e seus satélites estão dando tiros no pé. Não apenas no episódio em que abraçaram a causa dos criminosos da JBS e lucraram milhões com os vazamentos criminosos contra o atual governo. A linha editorial temerária destes veículos está apresentando um resultado oposto ao esperado. Para a sociedade, já ficou evidente que todos perderam a credibilidade. Quanto mais atacarem Bolsonaro e João Doria, mais contribuirão para que os dois disputem o segundo turno das eleições presidenciais de 2018.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget