\imprensa Viva
.

Após usar Marisa como laranja e citá-la 36 vezes no depoimento, Lula volta a culpar Moro pela morte da mulher. Vídeo



Poucos dias após a morte da ex-primeira dama Marisa Letícia, o ex-presidente Lula protagonizou uma cena que revoltou o país durante seu depoimento ao juiz Sérgio Moro em Curitiba. "Demonstrando ausência de sensibilidade, um inacreditável senso de oportunismo e um vazio moral estupefaciente, para dizer o mínimo, Lula jogou toda a culpa sobre as tratativas do tríplex no colo de Dona Marisa" .

No dialeto chulo de presidiários, o comportamento de Lula se traduz pela frase: “joga tudo no morto”. No caso, na esposa morta. “As afirmações em relação à Dona Marisa é um tanto triste de se ver feitas”, lamentou o procurador Carlos Fernando dos Santos.

O fato é que três meses após sua morte, Marisa Letícia foi transformada às pressas em “laranja” pelos advogados do próprio Lula, que o instruíram a “jogar tudo no morto”. Durante seu depoimento ao juiz Moro, Lula não se envergonhou em citar o nome de falecida  36 vezes, outras tantas referências à "ela" e nada menos que 82 "não sei".

Esta semana, Lula voltou a atribuir ao juiz Sérgio Moro e aos procuradores do Ministério Público Federal a culpa pela morte da mulher que ele mesmo usou como laranja. Acompanhe no vídeo abaixo:

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget