\imprensa Viva
.

A Globo e Janot ainda não entenderam o silêncio das ruas. Estabilidade do país é questão de sobrevivência para o povo



A Rede Globo se surpreendeu com a falta de manifestantes contra o governo Temer no dia da votação de denúncia apresentada pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot. Na matéria do Globo, a falta de compreensão do momento vivido pelo Brasil ficou bastante clara: "O movimento típico de um dia normal de trabalho na Esplanada dos Ministérios na manhã desta quarta-feira não lembra nem de longe o clima tenso de um ano atrás, quando o Congresso votava o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff"

A Globo, Janot e os representantes da esquerda corrupta brasileira não entendem as verdadeiras angústias do povo por um único motivo: só se preocupam com seus projetos pessoais de poder.

A sociedade sabe que deve se mobilizar para remover um governo corrupto que estava destruindo o emprego, a indústria e a economia. De mesmo modo, a sociedade também sabe diferenciar um governo sem rumo de um governo que está colocando a economia nos trilhos, com inflação baixa, juros baixos e recuperação do mercado de trabalho. Enquanto a Globo e a esquerdas lucravam bilhões com os governos corruptos do PT de Lula e Dilma, o povo padecia. A situação se inverteu e a sociedade começa a enxergar uma luz no fim do túnel, por mais que grupos contrários a recuperação da economia do país tentem ofuscar esta luz.

A Globo e a esquerda corrupta do país não entende que silêncio das ruas é na verdade um apelo para que deem uma chance ao país de se recuperar da tragédia da aventura petista que deixou 14 milhões de chefes de família sem emprego. Para o trabalhador e para o empregador, a estabilidade da economia representa uma questão de sobrevivência. Para o desempregado, representa uma esperança de dias melhores.

Enquanto a Globo, a esquerda e setores do judiciário se esforçam para transformar o Brasil numa Venezuela, através da manipulação, de intrigas e de denúncias frívolas contra o governo, os brasileiros apontam em uma direção bem diferente. Não que o povo seja tolerante quanto a corrupção de seus governantes. É claro que se Janot e os criminosos da JBS, parceiros da Globo, tivessem apresentado provas irrefutáveis contra o presidente, a situação não teria sido a mesma. Temer renunciaria, não contaria com o apoio da maior parte do Congresso e o povo iria para as ruas exigir sua saída.

A Globo tenta comparar o atual governo com o da ex-presidente Dilma segundo sua ótica, mas há uma grande diferença entre quem planta e aqueles que apenas devoram. Quem derrubou Dilma e o PT foi a sociedade, assim como apenas a sociedade tem o poder de derrubar o governo Temer ou qualquer governo que represente uma ameaça as conquistas do povo. Os cretinos da Globo ainda não entenderam a lição.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget