\imprensa Viva
.

18 militantes do PT presos depredando a Paulista se tornam réus por associação criminosa e corrupção de menores.



Dezoito militantes do PT que foram detidos durante um protesto contra o impeachment de Dilma Rousseff, em setembro de 2016, se tornaram réus na Justiça de São Paulo sob a acusação de associação criminosa e corrupção de menores.

Os petistas foram flagrados antes do protesto depredando lojas e pontos de ônibus nas imediações da Avenida Paulista e portavam coquetéis molotov e bombas caseiras em suas mochilas. O processo, aberto neste mês, tramita sob segredo de Justiça, e os nomes dos acusados não foram divulgados. A informação foi antecipada pelo site G1.

A denúncia (acusação formal) do Ministério Público havia sido oferecida no fim de 2016 pelo promotor Fernando Albuquerque Soares de Souza, que também não se manifesta sobre o caso.

Segundo a denúncia, o grupo se associou para danificar patrimônio e agredir policiais militares. Além dos 18 militantes do PT, três menores de idade foram apreendidos na ocasião, no Centro Cultural São Paulo (região central de São Paulo).
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget