\imprensa Viva
.

O povo nunca mais vai ver a cor dos R$ 500 bilhões que Lula e Dilma deram a empresários amigos. Quebraram o país



Muita gente não sabe, mas boa parte da crise econômica que se instalou no país a partir do ano de 2014, ainda durante o primeiro mandato da ex-presidente Dilma Rousseff, se deveu a política equivocada dos governos petistas na concessão de benefícios a empresários poderosos. É claro que muita gente ignora este triste episódio da administração federal, mas o fato é que milhões de brasileiros sentem na pele as consequências de tamanha negligência.

Para beneficiar empresários bilionários, os governos petistas renunciaram a nada menos que R$ 500 bilhões em receitas. A consequências para a economia foram trágicas e afetaram de forma devastadora o equilíbrio das contas públicas, o que obrigou a ex-presidente Dilma a adotar a famigerada contabilidade criativa que culminaria nas manobras para maquiar as contas públicas, nos episódios que ficaram conhecidos nacionalmente como as "pedaladas fiscais". Dilma foi punida com a perda de seu mandato por prática de crime de responsabilidade fiscal, através de atos administrativos evidenciados pelo Tribunal de Contas da União.

Esta tragédia teve consequências devastadoras não apenas para as esquerdas brasileiras, mas também para milhões de chefes de família que perderam seus empregos na esteira das tragédias que se sucederam ao descaso e irresponsabilidade das administrações petistas com as contas públicas.

O país sofreu uma série de rebaixamentos das agências de classificação de risco internacionais, o dólar e a a inflação dispararam, o consumo caiu e a corda, como sempre, arrebentou para o lado mais fraco: mas de dez milhões de chefes de família perderam seus empregos.

O fato é que Brasil nunca mais vai ver a cor deste dinheiro. Além da frustração diante da constatação das consequências devastadoras da irresponsabilidade de Dilma e de sua equipe econômica, a covardia do ex-presidente Lula em tentar se esquivar de sua responsabilidade no episódio é ainda mais chocante. Foi justamente Lula que deu início à política de incentivos fiscais, ainda no ano de 2009. O petista visava garantir que conseguiria eleger sua sucessora dali a um ano e utilizou a política de forma eleitoreira, garantindo redução de IPI para a poderosa indústria automotiva e de eletrodomésticos, mesmo sabendo que os incentivos não estavam sendo convertidos em geração de empregos ou queda significativa nos preços dos bens.

A covardia de Lula ficou clara durante em entrevista uma entrevista que concedeu ao jornal francês Libération, na qual criticou duramente condução da política de incentivos fiscais mantida por Dilma Rousseff.

“Ao fim do primeiro mandato de Dilma, o desemprego era ainda muito baixo (6,5% na época, contra 11,2% em abril deste ano). Ela havia conseguido manter o emprego ao mesmo tempo em que manteve as políticas sociais. Mas era necessário continuar a investir. Os cofres estavam vazios. Dilma reconhece que sua política de desoneração fiscal para as empresas, que reduziu a receita fiscal do Estado, havia ido longe de mais. Entre 2011 e 2015, o Estado renunciou a cerca de R$ 500 bilhões de receitas. E, um fato extremamente grave, sem exigir nada em troca do empresariado”, afirmou Lula, tirando o corpo fora.

Mas a covardia de Lula vai além e ele tentou colocar a culpa também o Congresso Nacional por não ter impedido que as medidas do ajuste fiscal propostas por Dilma fossem aprovadas.

Embora muitos não consigam imaginar a dimensão dos impactos de um rombo de R$ 500 bilhões nos cofres públicos, é possível afirmar que nenhum país do mundo conseguiria contornar os danos causados por um desfalque tão extraordinário. O próprio Lula reconhece que a irresponsabilidade foi a maior responsável pelo fato do Brasil ter sido empurrado para a maior recessão da história, desde a grande depressão dos anos de 1930. Incompetente e covarde, o petista ainda sugere no vídeo abaixo que o aumento de impostos seria a única forma de cobrir o rombo nos cofres públicos. Ou seja, a sacrificar ainda mais o povo.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget