\imprensa Viva
.

Janot disse que ficou "enjoado" com gravação de Joesley e Temer, mas achou normal conta de Lula e Dilma na Suíça



Durante entrevista concedida ao jornalista Roberto D'Avila, da GloboNews, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse que ficou "chocado" e "enjoado" ao ouvir a gravação da conversa entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer.

Não se sabe qual aparelho Janot usou para ouvir a o áudio quase inaudível feito com um gravador de R$ 1.99 repleto de interrupções, mas o procurador deve ter tido um orgasmo quando conseguiu distinguir a frase "tem que manter isso, viu?". É pena que Janot não tenha demonstrado qualquer indignação quando Joesley falou na sua cara, em alto e bom som, que mantinha contas na Suíça para os ex-presidentes Lula e Dilma, e que chegou a movimentar quase meio bilhão para os dois petistas.

Sem esconder o constrangimento com o fato do Brasil inteiro ter repudiado sua decisão "solitária" de fechar um acordo tão generoso com os criminosos da JBS sem receber em troca nem uma prova decente, Janot afirmou caso não aceitasse o acordo de delação, não teria como apurar os crimes de que tinha tomado conhecimento, envolvendo "altíssimas autoridades da República". "Eu teria que fingir que nada tinha ouvido, que nada tinha acontecido, e essas pessoas continuariam a cometer crimes, e os empresários na mesma atividade ilícita que sempre tiveram."

Para início de conversa, Janot nem deveria ter recebido o empresário na "boca miúda" para negociar qualquer acordo. Na Lava Jato original, a de Curitiba, os procuradores jamais promoveram qualquer tratativa diretamente com os criminosos, mas sim com advogados especializados em acordos de delação. Aliás, está é a primeira recomendação que um criminoso ouve quando menciona seu interesse em delatar: "vá procurar um advogado especializado para ser seu interlocutor com a Justiça".


A Rede Globo tem feito uma série de entrevistas com Janot com objetivo de tentar empurrar goela abaixo dos brasileiros o acordo indecente firmado pelo procurador com os açougueiros criminosos confessos da JBS-Friboi, um dos principais clientes da emissora. Na semana passada, foi a vez da jornalista Renata Lo Prete, também da GloboNews, entrevistar o fanfarrão.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget