\imprensa Viva
.

Sérgio Moro é generoso com as mulheres e negou condução coercitiva de Marisa Letícia, diz procurador da Lava Jato



O procurador da Lava Jato Carlos Fernando Santos Lima, concedeu uma entrevista neste fim de semana ao El País e afirmou que o juiz federal Sérgio, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, costuma ser generoso em suas decisões que envolvem as mulheres dos investigados.

El País. A falta de condenação da mulher do Cunha, a jornalista Claudia Cruz, gerou protestos.

Carlos Fernando Santos Lima. Olhando historicamente, o Moro tem uma generosidade de interpretação de fato das mulheres de envolvidos.

El País. Mas isso a Marisa Letícia não teve...

Carlos Fernando Santos Lima. ... a própria Marisa. Nós pedimos condução coercitiva e ele negou. No recebimento da denúncia ele bota um pezinho no freio. Ele parece entender que a mulher tem um papel secundário quando ela está coadjuvando o marido. No nosso entendimento, o caso da Claudia Cruz é inadmissível. Vamos recorrer. E o tribunal tem sido bastante reformado, a favor do Ministério Público, inclusive aumentando penas.

Moro é realista e sabe que milhões de mulheres brasileiras são envolvidas por maridos e namoradas em crimes de toda natureza. Embora esta possa ser uma postura controversa para um magistrado, há que se considerar que juízes também são humanos. É perfeitamente possível que alguns interpretem como generosidade a interpretação de Moro em relação as mulheres dos envolvidos. Já contra os criminosos que usam as próprias mulheres para cometer crimes, Moro é implacável. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget