\imprensa Viva
.

Sérgio Moro deve determinar em sua sentença o sequestro de bens de Lula até o valor de R$ 3,7 milhões



As expectativas em torno da sentença a ser proferida pelo juiz federal Sérgio Moro acerca do processo referente ao apartamento triplex em Guarujá (SP), no qual o ex-presidente Lula figura como réu são de que o magistrado irá condenar o petista por boa parte dos crimes que figura como protagonista no processo.

Lula é acusado de três atos de corrupção e de ter cometido o crime de lavagem de dinheiro em 48 oportunidades nesta ação penal. Mas independentemente da pena a ser imposta ao petista, em caso de condenação, o juiz Sérgio Moro deve impor o bloqueio de bens do réu no valor de R$ 3,7 milhões. Este é o valor que Lula é acusado de ter recebido em propina da empreiteira OAS, pelo triplex, as obras no imóvel e de vantagens como o custo do armazenamento de objetos levados da Presidência da República, que também foram bancados pela empreiteira.

Após receber as alegações finais dos advogados de defesa de Lula, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, pode dar a sentença a qualquer momento a partir desta quarta-feira (21).

Não existe um prazo definido para Moro condenar e, eventualmente, mandar prender ou, por outro lado, absolver Lula. Esta também não será a única oportunidade que Moro terá para condenar o absolver Lula. O processo referente ao tríplex de Guarujá (SP) é o primeiro de todos os que recaem contra o petista a chegar na fase das alegações finais. Além dos inquéritos em andamento e de eventuais pedidos de indiciamento por parte do Ministério Público Federal, o ex-presidente também responde criminalmente em outras quatro ações que tramitam na Justiça Federal do Paraná, Distrito Federal e São Paulo.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget