\imprensa Viva
.

Rodrigo Janot, que ofereceu cobertura para José Genoíno concedeu aposentadoria para seu velho amigo, Eugênio Aragão



O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, concedeu aposentadoria voluntária ao subprocurador-geral da República Eugênio Aragão, que foi ministro da Justiça no governo Dilma Rousseff. Membro do Ministério Público Federal desde 1987, Aragão nasceu em maio de 1959.

Aragão vai trabalhar agora no escritório ECEA Advogados e Consultores, em Brasília. Apesar das rusgas em público, Janot e Aragão são velhos amigos. "É uma pessoa que eu conhecia há 30 anos, com quem eu tinha bastante debate político. Trabalhei com ele em várias circunstâncias" declarou Aragão em entrevista no auge de suas rusgas com Janot por conta dos peidos de investigação contra seus colegas do governo petista.

Janot não era o favorito da lista tríplice elaborada pelo Ministério Público Federal. O preferido era Roberto Monteiro Gurgel, com 50% a mais de votos, mas Janot acabou ganhando o cargo de procurador-geral da República por indicação de Lula em 2013.  Durante entrevista à Rede Brasil Atual, Eugênio Aragão falou sobre a origem de seus desentendimentos com Janot:

"Semanas antes de ser escolhido (procurador-geral), ele convidou José Genoino para um jantar em sua casa. Não é invenção minha, tenho testemunhos. Ele (Janot) chegou lá e disse, para o caso de Genoino estar sendo perseguido: 'se você precisar de alguma coisa, pode ficar inclusive aqui na minha casa'. E uma das primeiras coisas que ele faz como procurador-geral da República foi pedir a prisão de Genoino. Então tem disso. Às vezes, você acha que uma pessoa é uma coisa, mas é outra. E quando assume o poder, vira uma pessoa não diferente: apenas cai a máscara. As pessoas não mudam assim. Elas são o que são. A gente não pode ter ilusão, tem de ter mais psicologia para estudar melhor as pessoas nessas horas.", lembra Aragão, destacando o lado oportunista do colega.

Passadas as mágoas entre os dois companheiros petistas, Aragãoagradece ao amigo Janot e fala sobre sua nova fase como advogado "É uma atividade diferente, mas tenho certeza de que a experiência na área de defesa do patrimônio público e de políticas públicas me ajudará muito", declarou Aragão.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget