\imprensa Viva
.

Lula, Dilma, Roberto Requião e até Marina Silva já rasgaram elogios a Rocha Loures, o homem da mala



O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures se tornou nacionalmente conhecido como o assessor do presidente Michel Temer como o homem da Mala. O ex-parlamentar que foi preso esta semana teria caído numa trama montada pelo criminoso confesso Joesley Batista para ser flagrado recebendo propina em um restaurante de São Paulo. Caberá ao ex-deputado esclarecer na Justiça as circunstâncias em que recebeu o dinheiro.

Embora todos tentem atribuir alguma culpa a Temer, é fato que Rocha Loures contava com a confiança e admiração de vários setores da esquerda. É o que mostra um artigo publicado na Folha sobre a vida pregressa do homem da mala:

"Quatro anos antes, Rocha Loures foi candidato a vice-governador na chapa do pedetista Osmar Dias, então apoiado pelo PT.

Presente em comícios do ex-presidente Lula e de Dilma Rousseff, então candidata a presidente, recebeu elogios dos petistas.

Em um ato de campanha, Lula comparou Rocha Loures, conhecido à época pela empresa de sua família, a Nutrimental, ao então vice-presidente José Alencar (1931-2011), que atuou como ponte do PT com o empresariado em 2002.

"A sabedoria de convocar para vice o 'Zé Alencarzinho do Paraná', um menino de caráter, filho de um homem de bem (...). Vocês podem estar trabalhando para construir uma nova geração de políticos no Estado."

Dilma, na mesma campanha, lembrou da declaração de Lula e chamou Rocha Loures de "figura fantástica" e "empresário jovem e talentoso".

No dia do segundo turno da eleição de 2010, o ex-deputado disse no Twitter que iria acompanhar a apuração dos votos em um hotel em Brasília, "ao lado de Dilma e Michel Temer".

Rocha Loures ainda recebeu mensagens de apoio em 2014 do ex-prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT) e do senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), fez naquele ano uma doação de R$ 50 mil à campanha de Rocha Loures, que costumava frequentar eventos promovidos pelo Lide, do Grupo Doria.

A ex-senadora Marina Silva (Rede) gravou em 2012 um depoimento em apoio à candidatura do pai do ex-deputado, que também se chama Rodrigo Rocha Loures e concorreu a prefeito de São José dos Pinhais (região metropolitana de Curitiba) pelo PMDB. Disse que ele era a favor do desenvolvimento sustentável e faria uma gestão comprometida com as mulheres".

Confira a matéria completa na Folha
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget