\imprensa Viva
.

Joesley Batista ganha benefícios a vista para delatar à prestação. PGR da prazo de 4 meses empresário entregar provas



O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sai do sério sempre que é questionado sobre os termos do controverso acordo de delação que firmou com o mega criminoso Joesley Batista. O empresário colheu todos os benefícios à vista, mas vai entregar a contrapartida à prestação. É isso mesmo. A delação homologada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal lhes garantiu o perdão judicial por todos os seus crimes, algo sem paralelo e um um salvo-conduto para que ele possa morar nos Estados Unidos e desfrutar de sua fortuna sem ser importunado por ninguém. Tudo isso sem entregar as provas dos 245 crimes que confessou ter cometido.

Na "solidão de seu cargo", Janot ainda concordou em aplicar multas generosas, parceladas em mais de dez anos. Tudo isso em troca de uma gravação fajuta e de flagrantes simulados que até o momento não resultaram em nada. Temer não caiu e Aécio Neves continua solto. Já os principais cúmplices de Joesley Batista em sua longa trajetória de crimes contra os cofres públicos, os ex-presidentes Lula e Dilma, estão rindo das acusações sem prova, subindo em palanques e falando em auditórios.

O dono do grupo JBS, Joesley Batista, prestou depoimento à Polícia Federal nesta quarta-feira (21) durante quase oito horas. Ele depôs aos delegados da Operação Bullish, que investiga irregularidades em aportes ao grupo concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Investigadores da Operação Greenfiel também participaram do depoimento, caso o empresário comentasse também as fraudes envolvendo fundos de pensão.

Mas ao que tudo indica, Joesley falou, falou e não falou nada, Nem entregou nenhuma prova. Para completar o escárnio do empresário com as leis e as instituições do país, o empresário já chegou na sede da Polícia Federal em Brasília acompanhado de dois policias civis de São Paulo. Os dois agentes estavam armados por isso foram autuados. Os agentes, que não nada comunicaram aos seus superiores, devem ser afastados pela Secretaria de Segurança de São Paulo. Joesley pode ser multado por ter contratado ilegalmente os serviços particulares de servidores públicos.

Como já colheu todos os benefícios que poderia sonhar, Joesley agora avalia que tipo de prova pretende entregar para a Justiça. Se quiser, pode continuar enrolando todo mundo e não entregar mais nada. Nem Lula, nem Dilma. Como o pessoal da PGR tem sido tão bonzinho com os bandidos da JBS, podem estender os prazos por mais alguns anos para que ele entregue as tais provas de tudo que falou no ouvido de Janot.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget