\imprensa Viva
.

Globo deu suporte ao assalto do PT por 13 anos e tentou derrubar Temer com transcrição falsa vazada por criminoso



A Rede Globo assumiu definitivamente a sua faceta golpista ao tentar interferir no processo político com calúnias e manobras rasteiras que ocultam interesses bastante obscuros no episódio da divulgação de uma transcrição falsa de uma conversa gravada por um criminoso, sem teor conclusivo e ainda por cima, editada.

Que fique registrado na história da emissora que, ao mandar todos seus empregados, como Gerson Camarotti, Renata Lo Prete, Merval Pereira e Cristiana Lobo para pedir a renúncia de Temer, provocando um prejuízo histórico na Bolsa de Valores, com queda de R$ 219 bilhões em valor de mercado das ações de empresas como Petrobras, Banco do Brasil e de centenas de empresas privadas. Enquanto isso, o suposto vazador da transcrição criminosa faturava alto. Joesley Batista teve tempo de comprar dólares na véspera da divulgação da Globo que estremeceu o mercado e vendeu durante o dia seguinte. Enquanto o caso se instalava no mercado, causando prejuízos bilionários para empresas, o ministro Edson Fachin "pensava" se levantava logo o sigilo sobre a bendita gravação, mesmo após a insistência de Temer para que divulgasse logo para o Brasil o teor da conversa.

Fiando-se na baixa popularidade de Temer, a Globo disponibilizou toda sua máquina de comunicação para pressionar pela renúncia do presidente num momento em que o país começava a se recuperar da mais grave crise desde a Grande Depressão dos anos 30 do século passado. A Globo convocou a população para ir para as ruas pedir a saída de Temer e até liberou seus artistas para atos coordenados com o PT e a esquerda criminosa que comandou o país por mais de 13 anos. Ninguém que tem responsabilidade, sensatez e contas para pagar atendeu ao apelo criminoso da Globo, que visava desestabilizar o país num dos momentos mais críticos de sua história, tentando derrubar um governo meramente transitório.

Os petistas vivem dizendo que a Globo é golpista, mas qualquer pessoa sensata sabe que Lula e Dilma jamais teriam chegado ao poder e lá ficassem por tantos anos sem a benção da Globo. O que mudou de lá para cá é que, com a ampliação do alcance das redes sociais, as pessoas deixaram de acreditar na emissora que elegeu outra fraude chamada Fernando Collor de Mello.

Ainda não se sabe o que a Globo pretendia com o golpe contra o governo Temer. É bem provável que ninguém jamais saiba ao certo. Mas uma coisa ficou bastante clara: a Globo é golpista e não se pode dar nenhuma credibilidade para o que seus empregados andam dizendo.

Se Temer tiver que responder por algum crime, caberá à Justiça determinar sua culpa e apontar a punição adequada, caso exista algo que o comprometa. Não cabe a um meio de comunicação tentar interferir na vida política de um país de forma tão irresponsável. Neste episódio, os profissionais da emissora acabaram jogando suas reputações no lixo.

A Folha foi o primeiro grande veículo de comunicação a admitir o erro de se balizar pelas informações falsas divulgadas pela Globo para derrubar Temer.  Acompanhe um trecho do editorial no qual a Folha reconhece que foi induzida ao erro:

"A Folha errou ao afirmar que o empresário Joesley Batista gravou conversa com o presidente Michel Temer em que relatou a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha na prisão e recebeu aval à operação.
A afirmação foi publicada no final da tarde de quarta (17), primeiro creditada ao colunista Lauro Jardim, de "O Globo", e depois confirmada pela Folha.
Naquele momento, nenhum dos dois jornais tinha tido acesso às gravações. Elas só foram tornadas públicas no dia seguinte, 18 de maio.
Nesse dia, a Folha publicou reportagem dizendo que o áudio, na verdade, é inconclusivo a respeito da compra do silêncio de Cunha".

Leia a matéria completa da Folha AQUI

A Band também questionou a interferência política da Globo e divulgou um editorial no Jornal da Band. Leia AQUI
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget