\imprensa Viva
.

Desembargador do TFR-4 insinua que Zanin é chato e que Lula é frouxo ao negar habeas corpus para o petista



O desembargador João Pedro Gebran Neto, do TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região, costuma ser bastante duro em suas manifestações sobre os pleitos dos investigados na Lava Jato na segunda instância. Esta semana, Gebran faltou chamar o ex-presidente Lula de frouxo e seu advogado de chato, ao negar manis um dos muitos pedidos de habeas corpus do petista.

Em sua decisão Gebran reclamou da forma com que a defesa de Lula tem utilizado reiteradamente esse tipo de recurso. "Novamente depara-se este Tribunal com impetração de habeas corpus que
nenhuma relação tem com o direito de ir e vir do paciente", escreveu Gebran. "Não há qualquer indicativo que aponte para a prisão do paciente, nem mesmo para eventual condenação, haja vista que pendente a ação penal de exame em cognição exauriente", afirmou o desembargador.

O habeas corpus é relativo ao processo em que Lula é acusado de ter recebido R$ 3,7 milhões em propina  por conta de três contratos entre a OAS e a Petrobras. O MPF (Ministério Público Federal) alega que os valores foram repassados a Lula por meio da reforma de um apartamento no Guarujá (que segundo a força-tarefa seria propriedade do petista) e do pagamento do armazenamento de bens do ex-presidente, como presentes recebidos no período em que era presidente. Lula é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele nega todas as acusações.

Os defensores do ex-presidente haviam solicitado a produção de mais provas, o
que foi negado pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância. A defesa, então, impetrou o habeas corpus na segunda instância, que também negou o pedido.

O desembargador defendeu a decisão de Moro ao indeferir o pedido para produção de provas. "Há fundamentação idônea", pontuou.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget