\imprensa Viva
.

Cabral vai destruir Lula perante o mundo. Em proposta de delação, ex-governador confirma propina para Jogos de 2016



O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, deu início as tratativas com procuradores do Ministério Público Federal de Brasília e do Rio de Janeiro para conseguir fechar um acordo de delação premiada. Por meio de seus advogados, Cabral confirmou que pretende revelar fatos inéditos sobre os esquemas de corrupção que manteve com o ex-presidente Lula ao longo de mais de uma década.

Condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 14 anos e dois meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, Cabral tem fatos a revelar sobre os esquemas de corrupção do Comperj, o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro que teve obras superfaturadas em mais de R$ 1 bilhão. A proposta de delação de Cabral está parada na Procuradoria-Geral da República em Brasília, onde o foco central dos últimos meses tem sido o acordo de delação com os criminosos do Grupo JBS.

Entre os episódios relatados por Cabral, porém, um em especial chamou a atenção dos procuradores. O ex-governador prometeu detalhar uma reunião, realizada em 2009, na qual ele, o ex-presidente Lula e o ex-prefeito Eduardo Paes teriam autorizado o empresário Arthur César Soares de Menezes, conhecido como “Rei Arthur”, a pagar propina a membros do Comitê Olímpico Internacional para que o Rio de Janeiro fosse escolhida cidade-sede dos Jogos de 2016.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget