\imprensa Viva
.

Após dar fuga aos irmãos Batista e blindar Lula e Dilma, Janot se mobiliza para denunciar Temer



Segundo o jornal Valor, o procurador Rodrigo Janot está disposto a tudo para levar seu projeto pessoal adiante e derrubar o presidente Michel Temer. Após dar fuga aos criminosos da JBS e livrar a cara dos ex-presidentes Lula e Dilma a aceitar um acordo com Joesley Batista sem provas contra os petistas, Janto está disposto a livrar a cara de metade do Congresso Nacional para conseguir aprovar a denúncia contra Temer na Câmara dos Deputados.

Janot sinalizou com a promessa de anistiar parlamentares investigados por prática de caixa 2 e “vai oferecer uma solução judicial para dezenas de políticos acusados exclusivamente de caixa 2, sem um ato correspondente de corrupção.

Ao apresentar denúncia contra esses políticos, Janot vai propor a chamada suspensão condicional do processo. Trata-se de um acordo no qual o Ministério Público sugere a antecipação de uma pena alternativa à prisão - como pagamento de multa ou prestação de serviços comunitários e, em troca, o acusado deixa de responder a processo e, se cumprir as exigências, fica com a ficha limpa ao final.

A desculpa de Janot é que esta anistia visa diminuir a pressão do Congresso contra a Lava Jato, mas não precisa ser um expert em política para entender o verdadeiro propósito. O procurador não possui nenhuma prova robusta para denunciar Temer e precisará de uma boa dose de cumplicidade do Congresso para levar sua vingança pessoal adiante. Temer não concordou em lhe conceder um terceiro mandato à frente da PGR e Janot deverá deixar o cargo em setembro.

Se tivesse provas concretas contra Temer, o obstinado Janot não precisaria recorrer a estes subterfúgios para fazer prevalecer seu projeto pessoal. Teria o apoio da sociedade, que iria para as ruas exigir que os deputados aceitassem a denúncia contra Temer. Mas na democracia de Janot, o jogo é jogado nos bastidores com parceiros bastante suspeitos, como os irmãos Batista.

O governo também suspeita que a iniciativa de Rodrigo Janot visa garantir votos para a autorização de sua denúncia na Câmara dos Deputados ao propor a distinção de caixa dois do crime de corrupção.

A avaliação é que a separação dos crimes seria uma sinalização de Janot aos parlamentares que estão na mira da Lava Jato para que eles deem votos a favor da denúncia
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget