\imprensa Viva
.

Apenas a confissão de Rocha Loures poderá revelar os verdadeiros farsantes. Temer ou Joesley e Janot?




O ex-suplente de deputado federal Rodrigo Rocha Loures é principal elo de ligação entre presidente Michel Temer e a denúncia de corrupção enviada ao Supremo Tribunal Federal pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Na denúncia, Janot sustenta que o dinheiro recebido do executivo da JBS, Ricardo Saud por Rocha Loures tinha como destinatário o presidente Temer. Toda a negociação envolvendo o recebimento de uma mala contendo R$ 500 mil foi realizada entre Rocha Loures e Ricardo Saud.

A PGR não contempla a possibilidade de Rocha Loures ter sido convencido pelo executivo da JBS a receber o dinheiro por conta própria, sem que Temer soubesse ou que tenha havido uma combinação desconhecida entre Rocha Loures e Ricardo Saud. Neste caso, o executivo da JBS sabia que faria uma "operação controlada" em conjunto com a Polícia Federal com o intuito de obter provas contra o presidente. É perfeitamente possível que Ricardo Saud tenha conduzido a negociação de modo a incriminar Temer.

Outro aspecto que a denuncia da PGR não contempla, nem a perícia realizada na gravação feita por Joesley Batista com Temer, é a possibilidade do empresário ter "sufocado" o gravador propositalmente durante algumas falas de Temer, de modo a tornar certos trechos da gravação inaudíveis. Neste sentido, ciente de que estava ali para tentar gravar alguma conversa comprometedora e diante da impossibilidade de realizar tal façanha, bastava uma pergunta capciosa, uma abafada no gravador e pronto. Na gravação, fica claro que Joesley não demonstrou a mesma desenvoltura que teve com Janot ao falar tão descaradamente sobre pagamentos de propina a políticos.

É claro que a situação de Temer se complica com a denúncia, mas não a ponto de ser algo irremediável justamente pelas lacunas, ausência de provas consistentes e investigações conclusivas sobre seus supostos crimes. O único elemento capaz de elucidar definitivamente o que há por trás de toda esta trama é justamente Rodrigo Rocha Loures. Sé ele pode confirmar se pegou o dinheiro a mando de Temer, por inciativa pessoal sem o conhecimento do presidente ou por um outro motivo, como ter sido ludibriado pelo executivo da JBS apenas para forjar um flagrante contra o presidente. Neste caso, uma revelação como esta implicaria diretamente Rodrigo Janot, o homem que esteve por trás da "operação controlada" combinada com os irmãos Batista para incriminar o presidente.

Rocha Loures diz se sentir ameaçado e já pediu três transferências de prisão nos últimos dias. É um arquivo vivo que pode comprometer interesses muito poderosos. Se aparecer morto, o Brasil jamais saberá a verdade por trás de um dos episódios mais sujos da história da República. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget