\imprensa Viva
.

Aécio, que usou a própria irmã como cúmplice em esquemas criminosos, deve ser preso nos próximos dias



A senador afastado Aécio Neves (PADB-MG),está com os dias de liberdade contados. A decisão da primeira turma do Supremo de manter na prisão de Andrea Neves, a irmã do senador, foi apenas um sinal de que as coisas não estão saindo como Aécio previa. Parlamentares que estiveram com o tucano logo após a delação da JBS desabar sobre a cabeça dele dizem que, sempre que falava de Andrea, Aécio chorava.

A manobra da mesa diretora do Senado de postergar a decisão do ministro Edson Fachin de afastar do mandato o senador não surtiu o efeito desejado para a defesa de Aécio e a situação vai se complicando. Opresidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), se reuniu na noite desta terça-feira (13) com Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), para tratar dos detalhes sobre a retirada do mandato o senador.

Ao ser questionado sobre o não cumprimento de uma decisão judicial, Eunício afirmou a jornalistas que aguardaria uma nova manifestação do STF sobre o caso. "Imediatamente eu determinei o cumprimento. A decisão do ministro [Edson] Fachin, de afastar [Aécio], foi liminarmente cumprida por essa presidência", disse, embora reconheça que cumprirá uma "decisão complementar" se receber novas informações da Justiça.

O ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso no STF cobrou o cumprimento da decisão da corte. Logo que Aécio for desligado do mandato de Senador, o político deve se tornar alvo de um mandado de prisão, assim como ocorreu com o ex-suplente de deputado, Rodrigo Rocha Loures.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget