\imprensa Viva
.

Vergonha nacional. STF admite rever acordo de delação da JBS



Um dos maiores anseios da população do país, depois da prisão de Lula, tem sido a revisão ou o cancelamento do controverso acordo de delação do grupo JBS, do empresário criminoso Joesley Batista. Leia abaixo um trecho da matéria publicada no Estadão:

"Ministros do Supremo Tribunal Federal admitem a possibilidade de revisar os benefícios concedidos aos empresários do grupo J&F – holding que inclui a JBS – no acordo de delação premiada firmado com a Procuradoria-Geral da República. A previsão não é de consenso entre os integrantes Corte, mas tem sido defendida por alguns magistrados e até mesmo pelo relator da Operação Lava Jato, ministro Edson Fachin.

Alvo de polêmica, o acordo firmado pelo Ministério Público Federal prevê imunidade penal aos irmãos Joesley e Wesley Batista e demais delatores do grupo empresarial. Eles foram também autorizados a viver fora do País".

A procuradoria-geral da República firmou o vergonhoso acordo de delação com os criminosos da JBS sem a participação da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba e sem Polícia Federal, que foi chamada apenas num segundo momento, após a celebração do acordo. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget