\imprensa Viva
.

STF tem que mandar prender Lula, Dilma e Guido Mantega, já que confia tanto no que diz Joesley Batista da Friboi



A Procuradoria-geral da República e o Supremo Tribunal Federal resolveram dar toda credibilidade ao criminoso confesso Joesley Batista, do Grupo JBS-Friboi. Além da credibilidade, concederam ainda uma série de benefícios escandalosos, como o direito de morar nos Estados Unidos sem passar um minuto na prisão, multas irrisórias parceladas em dez anos por crimes que superam a casa dos bilhões e outros benefícios indecentes concedidos aos sete executivos do Grupo que prosperou vertiginosamente com os esquemas de corrupção durante os governos de Lula e Dilma.

A Friboi, que valia apenas R$ 1.9 bilhões em 2003, ano do primeiro mandato de Lula, passou a valer R$ 170 bilhões ao final do governo Dilma em 2016. Nem a Apple ou Miscrosoft conseguiram uma valorização tão desproporcional de suas ações no mercado no mesmo período. Mas a PGR e o STF, não se sabe ainda por quais motivos, resolveu confiar tão cegamente na conversa de um criminoso confesso como Joelsey Batista, que até tentaram derrubar o presidente da República por uma gravação clandestina inconclusiva e um processo ainda em andamento, sendo que o acusado sequer chegou a se valer de seu amplo direito de defesa.

A PGR também pediu o afastamento e a prisão do senador Aécio Neves, que foi flagrado recebendo R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista. Até aí, tudo bem. O senador afastado merece sim perder o cargo e ir em cana por se aliar a criminosos da laia dos irmãos Batista. É bandido da mesma estirpe.

O problema é que o mesmo Joesley confirmou em depoimento na própria PGR que mantinha contas para Lula e Dilma na Suíça. E não foram apenas R$ 500 mil ou R$ 2 milhões, mas sim R$ 360 milhões em propina para os dois petistas, com a apresentação de extratos da movimentação financeira e tudo. O Brasil inteiro ouviu que os áudios da conversa do empresário com Temer são inconclusivos, mas este não é o caso dos vídeos com os relatos de Joesley Batista sobre os crimes de Lula, Dilma, Guido Mantega e Antonio Palocci. O Brasil inteiro viu o empresário afirmar que Lula e Dilma são bandidos, que receberem propinas de contas na Suíça, que tem extratos comprovando os repasses de R$ 360 milhões (U$ 150 milhões) em propina, conforme pode ser visto no trecho abaixo:



Se a PGR e o STF agiram de um modo contra determinados acusados, qual seria o motivo para poupar outros, como Lula, Dilma e seus comparsas? As provas apresentadas por Joesley são contundentes. O Brasil inteiro que saber por que ainda não prenderam os bandidos do PT que ajudaram Joesley a roubar bilhões do contribuinte.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget