\imprensa Viva
.

Petista defende bandidagem de Aécio Neves - Vele tudo para defender Lula e Dilma por tabela



O colunista do site Brasil247, Paulo Moreira Leite, não é diferente de seus demais colegas petistas que insistem em defender os crimes atribuídos aos ex-presidentes Lula e Dilma, e demais integrantes do PT. De forma inescrupulosa, o petista publicou um artigo no site que recebia propinas da Odebrecht, no qual faz uma defesa por tabela dos corruptos petistas. O morde e assopra usou o caso do bandido Aécio Neves para tabelar os mesmos argumentos que costuma usar para defender outros criminosos do PT. Acompanhe abaixo o mau-caratismo intelectual com que o colunista petista tenta aliviar os crimes de Aécio, que foi desmascarado pelo também corrupto Joesley Batista, em seu acordo de delação premiada:

"Aécio Neves não é -- com toda certeza -- o primeiro homem público brasileiro a trocar os princípios democráticos pelas conveniências políticas e projetos pessoais.

Sem entrar no mérito das acusações, quero deixar claro que discordo do "afastamento" do mandato de Aécio Neves por uma decisão liminar de Edson Fachin, ministro do STF. Não vejo discussão real a este respeito. O "afastamento" me parece um eufemismo político -- sem amparo na Constituição -- para suspender os direitos políticos de um senador eleito em 2010 com 7,5 milhões de votos. Conforme o artigo 55 da carta de 1988, deputados e senadores só podem ser cassados pelas suas próprias casas, "por maioria absoluta, mediante provocação da respectiva Mesa ou de partido político representado no Congresso Nacional, assegurada ampla defesa."

   Também não vejo uma justificativa plausível para a prisão preventiva da irmã Andrea Neves. A exibição da imagem de Andrea na prisão, com jaleco laranja de presidiária, é um espetáculo desnecessário e degradante, incompatível com garantias individuais que asseguram a toda pessoa -- mesmo acusada da maior barbaridade do Código Penal  -- o direito a um julgamento justo, com a presunção da inocência até que se prove o contrário. Desde 1984 nossa legislação protege toda pessoa presa contra "qualquer forma de sensacionalismo."

Ninguém deve ter direitos sonegados em função dos erros que comete. Se fosse assim, a Justiça não precisaria ser aplicada a delinquentes nem a criminosos -- apenas a anjos. Trata-se, aqui, de uma tragédia política".

Nada surpreendente, vindo de um petista que certamente se beneficiou dos esquemas criminosos do partido ao longo dos últimos anos. Quando a casa cai, até as facções criminosas rivais se unem. Os petistas podem adotar o Aécio à vontade. Ao contrário dessa gente, quem defende o Brasil não tem bandido de estimação.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget