\imprensa Viva
.

Para procurador da Lava Jato, "O Brasil está mais para The Walking Dead do que para House of Cards"




"O Brasil está mais para The Walking Dead do que para House of Cards", afirmou o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima em uma postagem em sua página do Facebook.

O procurador do Ministério Público Federal em Curitiba opinou como 'cidadão' sobre como vê a crise política vivida no País dos últimos meses compara os políticos a 'hordas de mortos-vivos, apodrecidos de alma e corpo, que passam entre nós'.

"O que vivemos hoje está mais para The Walking Dead, onde hordas de mortos-vivos, apodrecidos de alma e corpo, passam entre nós, contaminando tudo que poderia ser bom com o vírus da imoralidade e da corrupção", compara o membro da força-tarefa da Lava Jato.

“Falo isso hoje como cidadão, e não como procurador da República e membro da força-tarefa da Lava Jato”, ressaltou. “Essa história de horror tem que acabar. Não é possível admitir mais que esse cadáver do sistema político-partidário continue a apodrecer tudo o que toca.”

“Nenhum motivo existe para que o Brasil conviva com isso como se estivéssemos sempre fadados a essa podridão e mau cheiro”, segue o procurador. “Nem me venham dizer que devemos tapar o nariz para isso, na esperança de uma volta à normalidade do sistema econômico.”

Carlos Fernando dos Santos Lima fala sobre seu descontentamento com a classe política brasileira e menciona o episódio da gravação do empresário Joesley Batista com o presidente Michel Temer para ilustrar o quadro de degradação dos quadros políticos do país. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget