\imprensa Viva
.

MST chega a Curitiba para defender Lula e já cria problemas. Juiz estipula multa de R$ 500 mil caso bloqueiem a BR-277



Um grupo de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra já chegou na Grande Curitiba na manhã desta terça-feira (9) e foram devidamente recepcionados pela Polícia Federal. Agitadores do grupo tentaram causar transtornos com um ato de interdição na BR-277.

Vários ônibus fretados chegaram na cidade trazendo membros do MST acampados na região para acompanhar a audiência do ex-presidente Lula com juiz Sérgio Moro, na Justiça Federal, prevista para quarta-feira. 10. Até o momento, cerca de doze ônibus estão estacionados em um posto as margens da BR. A  Polícia Rodoviária Federal (PRF), para inibir os planos dos manifestantes de fecharda BR-277.

Em resposta a uma ação da concessionária Rodonorte, o juiz Eneias Ferreira, do Fórum de Campo Largo, fixou ontem (8) uma multa de R$ 500 mil em caso de bloqueio da rodovia. De acordo com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), outro braço político do PT, a previsão é que até 500 ônibus cheguem à capital paranaense para o depoimento do ex-presidente Lula.

Uma área atrás da Rodoferroviária de Curitiba foi definida como o local para o acampamento dos manifestantes favoráveis a ex-presidente Lula, em comum acordo com a Prefeitura de Curitiba. Segundo a Veja, “Um dos maiores fornecedores de militantes para o evento será o MST de Quedas do Iguaçu, que, segundo uma investigação da Polícia Civil, mantinha uma espécie de milícia na região”.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget