\imprensa Viva
.

Mil crimes de Lula, Dilma e do PT - petistas comemoram queda de Temer e Aécio como se Lula e Dilma fossem inocentes



Os petistas e ativistas de esquerda do Brasil comemoram efusivamente o fato do presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves terem caído em desgraça com a delação do Grupo JBS-Friboi dos irmãos Wesley e Joesley Batista, tradicionais aliados do PT de Lula e Dilma em esquemas criminosos no BNDES.

Os tontos ainda não se deram conta de que caiu por terra todas as narrativas que sustentavam até ontem, como a alegação de que a Lava Jato era uma operação seletiva, que tinha por objetivo retirar o ex-presidente Lula do páreo da disputa eleitoral em 2018. O fato é que a situação de Lula, Dilma e do PT piorou dramaticamente nas últimas 24 horas, com a deflagração da Operação da Polícia batizada de Patmos -  em referência à ilha grega onde o apóstolo João teve visões do Apocalipse.

Poucas horas antes, o ex-presidente Lula havia voltado a alegar na ONU que era vítima de perseguição política por parte da Lava Jato. As chances de que Aécio Neves e até mesmo Michel Temer sejam presos nos próximos dias são grandes, mas nada se compara a situação do ex-presidente Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff. Os dois são alvos de dezenas de inquéritos onde são investigados por vários crimes de corrupção.

A lista de inquéritos contra os petistas deve ser substancialmente elevada com o teor das delações dos sete executivos do Grupo JBS-Friboi que ainda não foi revelado. De nada adianta todo o auê dos petistas e ativistas de esquerda com a queda de representantes da oposição. Seus líderes, em maior número, estão bem mais encalacrados que seus poucos rivais incirminados. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget