\imprensa Viva
.

Mais um membro da cúpula do PT é forçado a admitir roubalheira. Gilberto Carvalho afirma que Lula não estava nem aí



O ex-ministro Gilberto Carvalho tornou-se mais um integrante da alta cúpula do PT a reconhecer a roubalheira praticada pelo partido ao longo dos últimos anos. O petista concedeu uma entrevista à Folha, na qual admitiu que os esquemas de corrupção que tiveram início nos tempos do mensalão continuaram com o esquema criminoso que vitimou a Petrobras. "É um erro gravíssimo que nós cometemos. Nós seguimos um padrão que condenávamos", afirmou Carvalho referindo-se ao mensalão e completando: "E foi repetido. Infelizmente", admitiu Carvalho, referindo-se a Petrolão.

 "É um erro gravíssimo que nós cometemos. Nós seguimos um padrão que condenávamos", disse. Lembrei que o PT já havia confessado o crime no mensalão, mas voltou a praticá-lo nas eleições seguintes. "Foi repetido. Infelizmente", afirmou Carvalho.

O ex-ministro insinuou ainda que o ex-presidente Lula tinha consciência da roubalheira que enchia os cofres do partido e financiava as campanhas milionárias. Quando Carvalho o procurava para falar sobre o assunto, Lula dizia: 'Tem coisa que eu não quero saber. Eu não quero saber'".

O ex-ministro afirmou ser favorável aos irreversíveis acordos de delação e confirmou que todos no PT estão agoniados com a perspectiva de que surgirão novas denúncias graves envolvendo o partido:

"Acho bom todo mundo fazer delação logo. Para acabar com esse sofrimento de uma vez", desabafou o ministro, abatido com a confirmação de que seu colega Antonio Palocci será o próximo a entregar ex-companheiros à Lava Jato.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget