\imprensa Viva
.

Lula e Dilma tinham conta na Suíça com R$ 300 milhões roubados do BNDES, revela Joesley Batista, dono da Friboi



Começou a sessão descarrego do grupo A JBS-Friboi. Os primeiros detalhes da delação premiada do grupo revelam que Lula e Dilma contaram com depósitos que chegaram a R$ 300 milhões em uma conta na Suíça administrada pelo próprio Joesley Batista.

Segundo o empresário, a propina devida ao PT era mantida em uma conta secreta Suíça e há inclusive extratos das movimentações financeiras que eram destinadas a Lula, Dilma e ao PT. Joesley Batista confirmou que o dinheiro era contrapartida por vantagens ilegais obtidas pela JBS junto ao BNDES durante os governos petistas, especialmente durante a gestão de Luciano Coutinho no banco estatal.
A "uma conta corrente virtual" de Lula e Dilma na Suíça é apenas um aperitivo da delação que promete sepultar não apenas os dois ex-presidentes petistas, mas também o próprio Luciano Coutinho e o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega.

De acordo com a revista Época, Joesley Batista contou que “o dinheiro era sacado em nome de Lula e por ordem de Lula, às vezes por meio de Guido Mantega. Os recursos eram entregues em espécie, depositados em contas de laranjas indicados pelo partido e pelo ex-presidente e, também, transferidos oficialmente para contas oficiais de campanhas”.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget