\imprensa Viva
.

Governo Temer inicia devassa no grupo JBS. Nada será perdoado



O presidente Michel Temer prometeu no último sábado retaliar o grupo JBS. Indignado com a atitude traiçoeira de Joesley Batista, Temer apenas falou com interlocutores que tinha planos de dar o troco no empresário. Ao que tudo indica, a retaliação já começou e segue na esteira de outros processos que estão sendo abertos contra o Grupo na Comissão de Valores Imobiliários.

A CVM já abriu cinco processos administrativos para investigar a JBS e empresas ligadas à companhia por especulação no mercado financeiro e em decorrência de delação de acionistas controladores e acionistas minoritários.

O governo Temer  já começou a atuar em outras frentes e investiga possíveis irregularidades cometidas pelo grupo que não tenham entrado no acordo de delação premiada ou no acordo de leniência firmado com o Ministério Público Federal. O governo promete ser implacável com qualquer ponta solta, desde o recolhimento de tributos, dívidas em atraso e até mesmo a revisão de incentivos concedidos durante as administrações petistas.

Informações dão contra de que foi formada praticamente uma força-tarefa que se dedicará a encontrar deslizes administrativos e fiscais. Equipes estão vasculhando documentos no Banco Central e Ministério da Fazenda.

O empresário soube da repercussão negativa de seu acordo de delação no meio político e entre a população e até ameaçou voltar ao Brasil para tentar consertar o estrago, mas foi desaconselhado por seus auxiliares. As ações do grupo despencou quase 50% na última semana e vários pecuaristas já estão retirando seus gados dos pastos dos frigoríficos controlados pela JBS. Insatisfeitos com o monopólio conquistado pela empresa com sua política predatória, produtores torcem para que pequenos frigoríficos voltem a atividade em várias regiões do país.

Analistas veem risco de falência da companhia. A empresa já não era bem vista pela população do país por uma série de razões bastante óbvias. A situação piorou depois que Joesley Batista confessou centenas de crimes, confirmou que ofereceu propina para Lula e Dilma para obter dinheiro fácil do BNDES, e todos sabem que o dinheiro da instituição é dinheiro do povo. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget