\imprensa Viva
.

Fundador da universidade do crime afirma que "PT pode ensinar a combater a corrupção"



O ex-presidente Lula participou de um evento com membros do PT neste fim de semana e voltou a defender a saída do presidente Michel Temer do governo. Mas como se trata de Lula e sua obstinação pelo poder, o petista deseja que as coisas sejam do seu jeito, e não como manda a Constituição do país:  "Nós queremos que o Temer saia logo, mas não queremos um presidente eleito indiretamente", aformou o petista, que convocou os militantes para invadirem avenida Paulista na tarde deste domingo (21), para protestar pelas Diretas Já.

"Todos os que querem Diretas Já precisam ir na Paulista amanhã às 14h. Não comam muito e depois do almoço deem uma saidinha e passem na Paulista. É importante", recomendou o petista.

O líder da organização criminosa que se instalou no coração da administração pública do país em 2003 afirmou que a universidade do crime conhecida como PT pode ajudar a combater a corrupção no Brasil. "Hoje o PT pode ensinar, inclusive, a combater a corrupção" afirmou o líder da organização criminosa, PHD em esquemas de lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e tráfico de influência internacional.

Mas segundo Lula, não se pode combater a corrupção atingindo políticos corruptos. O petista afirmou que a corrupção precisa ser combatida, mas que é preciso respeitar o Estado democrático de direito dos corruptos. "Nós queremos que a pessoa seja investigada, democraticamente, tenha o direito de defesa e, democraticamente, seja julgada. E vale para o PT, para o PMDB, para os procuradores, para os juízes, vale até para o papa, vale para todo mundo", defendeu o petista.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget