\imprensa Viva
.

Eike Batista confia em Gilmar Mendes



O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, se envolveu esta semana em mais uma polêmica de arrepiar os cabelos e decidiu mandar soltar o ex-bilionário corrupto Eike Batista, preso por seu envolvimento com o mega criminoso ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Na Decisão, Gilmar reconheceu que Eike cometeu vários crimes contra os cofres públicos, mas justificou a soltura do bandido, alegando que seus cúmplices não estão mais em condições de cometer novos crimes.

Gilmar Mendes deve estar se referindo a Sérgio Cabral, mas se esquece que Guido Mantega ainda está solto. Eike Batista confirmou que repassou alguns milhões de dólares para a campanha de Dilma a pedido do ex-ministro da Fazenda.

A decisão que concedeu o habeas corpus ao Eike Batista é um tanto polêmica, uma vez que Guiomar Feitosa Lima Mendes, esposa do Ministro Gilmar Mendes, trabalha no escritório de advocacia de Sérgio Bermudes, que advoga as causas cíveis de Eike.

Embora o processo criminal, que Eike Batista responde, nada tenha a ver com as causas cíveis defendidas pelo escritório em que Guiomar Mendes trabalha, deveria ter sido arguido o impedimento ou suspeição do Ministro Gilmar Mendes, de acordo com o Código de Processo Civil (CPC):.

"Art. 144. Há impedimento do juiz, sendo-lhe vedado exercer suas funções no processo:

[...]

VIII - em que figure como parte cliente do escritório de advocacia de seu cônjuge, companheiro ou parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive, mesmo que patrocinado por advogado de outro escritório;

[...]

Art. 145. Há suspeição do juiz:

[...]

III - quando qualquer das partes for sua credora ou devedora, de seu cônjuge ou companheiro ou de parentes destes, em linha reta até o terceiro grau, inclusive."

Apesar da decisão do Ministro Gilmar Mendes ser defendida por vários juristas, a questão discutida aqui não é a decisão em si, mas a moralidade e a legalidade do supracitado ministro julgar o caso, já que o réu é cliente do escritório em que a sua esposa trabalha. Isto significa que Eike Batista é meio que um patrão para Guiomar Mendes, a mulher do ministro. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget