\imprensa Viva
.

Covarde, Lula tenta fugir de Moro faltando apenas 48 horas para seu interrogatório e pede suspensão da ação do triplex



O ex-presidente Lula passou os últimos dias afirmando que não tem nenhum receio de ser confrontado pelo juiz federal Sérgio Moro, disse que estava até com pressa de ser interrogado e que estava curioso para conhecer as provas que a Lava Jato tem contra ele.

Mas faltando apenas 48 horas para seu interrogatório, Lula volta a comprovar que não passa de um covarde que precisa ser conduzido coercitivamente para depor. Por meio de sua defesa, Lula acaba de pedir um habeas corpus exigindo a suspensão do processo criminal em que deve depor nesta quarta-feria, em Curitiba, no qual figura como réu por corrupção e lavagem de dinheiro no caso triplex

A defesa do petista deixou para a última hora o pedido estratégico para livrar Lula do confronto com as autoridades, alegando que não dispõe de tempo suficiente para analisar o conteúdo de documentos que a Petrobrás anexou aos autos, mas que não têm nenhuma relevância ao caso. São planilhas com demonstrativos financeiros complexos, que não podem nem ajudar nem atrapalhar o ex-presidente em nada nesta ação penal.

O propósito do pedido de habeas corpus pedindo a suspensão imediata do processo criminal tem como único propósito adiar indefinidamente o interrogatório de Lula. O Documento foi protocolado, segundo a defesa, no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), que tem jurisdição e competência para confirmar ou barrar medidas de Moro.

Os os documentos da Petrobrás foram solicitados intencionalmente pelos criminalistas Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira com o claro propósito de postergar ao máximo o andamento do processo. O exagero no volume dos arquivos deixa isso bem claro. São cerca de 5 mil documentos (técnicos, negociais e jurídicos) e são estimadas cerca de 100 mil páginas.”

A defesa quer que ‘seja concedido prazo razoável para a análise dos documentos’, o que pode significar anos enrolando. No pedido, os advogados de Lula alegam que “É materialmente impossível a defesa analisar toda essa documentação até o próximo dia 10, quando haverá o interrogatório do ex-presidente e será aberto o prazo para requerimento de novas provas (Código de Processo Penal, artigo 402)’.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget