\imprensa Viva
.

Após STF escancarar a porteira para os bandidos da Lava Jato, Palocci também pede pra sair



Bastou o Supremo Tribunal Federal abrir a porteira da Lava Jato e soltar nada menos que quatro detidos em uma semana para deixar o ex-ministro petista Antonio Palocci todo animadinho. O candidato a delato que prometeu abrir a porta do inferno para Lula e o PT recuou em sua intenção de firmar um acordo de redução de pena com a Justiça e agora quer sair na manha, contando com a conivência dos inimigos da Lava Jato no STF, notadamente Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

Palocci acaba de entrar com um pedido de habeas corpus no Supremo. A defesa do petista entregou um pedido calhamaço de 166 páginas na Corte, alegando que seu cliente sofre ‘indisfarçável e hialino constrangimento ilegal, consubstanciado na decretação da sua prisão preventiva à absoluta míngua de justa causa e ao arrepio da lei’.

O pedido ocorre na semana em que o Supremo mandou três condenados da Lava Jato, o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Lula, e o ex-tesoureiro do PP, João Cláudio Genu e por último o ex-ministro da Casa Civil (Governo Lula), José Dirceu.

A pouca vergonha deve do STF deve encorajar outros presos na Lava Jato, como o mochileiro João Vaccari Neto, o ex-tesoureiro do PT e outros corruptos que se encontram detidos em Curitiba. Os ex-presidente Lula e Dilma comemoraram a soltura de Dirceu e esperam que o pesadelo de uma delação de Palocci também se dissipe com mais uma sopradinha dos ministros do Supremo na Lava Jato. A esperança dos brasileiros de ver o bem vencer o mal está se tornando apenas uma fumacinha. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget