\imprensa Viva
.

Triplex de Lula foi propina por obra da OAS na refinaria Abreu e Lima, orçada em US$ 2,5 bi, mas custou US$ 20 bi



Aos poucos, boa parte dos esquemas de corrupção dos governos do PT vão sendo revelados e mostram o quanto os ex-presidentes Lula e Dilma lesaram o Brasil ao longo de mais de 13 anos. Um dos responsáveis pelos esclarecimentos sobre os fatos chocantes que permearam a passagem de Lula pela presidência foi o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro.

Em seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-amigo de Lula admitiu que o triplex reservado pela empreiteira ao ex-presidente foi pago com propina oriunda da Petrobras relativa contratos obtidos por sua empresa para as obras da refinaria Abreu e Lima, no polo petroquímico de Pernambuco.

Também conhecida como Refinaria do Nordeste (Rnest), a obre teve início em 2005, com preço estimado em US$ 2,5 bilhões, mas acabou consumindo mais de US$ 20 bilhões até a sua conclusão.

Segundo o ex-presidente da construtora, uma das quatro empresas a participar da Abreu e Lima, foi com verbas de propina relacionadas à obra que a empreiteira bancou as reformas no tríplex que Lula receberia de presente no Guarujá, no litoral paulista. A refinaria seria usada para “encontros de contas” com o Partido dos Trabalhadores. A OAS foi contemplada pelo governo Lula com as obras das Unidades de Destilação Atmosférica.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget