\imprensa Viva
.

Sérgio Moro e a Lava Jato abriram a oportunidade de passar o Brasil a limpo. Ainda que a Justiça fracasse, o futuro do país está nas mãos do povo



A lista de inquéritos contra políticos em atividade divulgada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal esta semana explica o cinismo dos bandidos que passaram os últimos meses tentando aprovar a lei de abuso de autoridade, o voto em lista fechada e a manutenção do foro privilegiado.

Todos na verdade temiam  o início da investigação decorrente dos relatos constantes da delação da Odebrecht. Além dos 76 inquéritos abertos por Fachin contra políticos, foram remetidas a outras instâncias do Judiciário 201 petições, com fatos que incriminam pessoas sem direito ao foro especial.

Graças a determinação do juiz federal Sérgio Moro e dos membros da  Operação Lava Jato, o Brasil tem agora uma oportunidade de ser passado a limpo. A força-tarefa baseada em Curitiba fez a gigante Odebrecht se curvar e entregar os nomes de todos os bandidos que há muitos anos vêm saqueando os cofres públicos para se manterem no poder.

Eles ainda vão tentar resistir, vão jurar inocência e talvez alguns até consigam se safar dos inquéritos que têm pela frente. Mas a decisão do ministro Edson Fachin, de tornar pública toda a investigação, dá aos brasileiros a maior oportunidade da história de promover uma verdadeira "fachina" nos quadros políticos.

Basta que o eleitor fique atento aos nomes envolvidos nos esquemas de corrupção desvendados pela Lava Jato. Se a Justiça falhar, caberá ao eleitor banir definitivamente da vida pública todos os bandidos que foram desmascarados na lista de Fachin.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget