\imprensa Viva
.

Se condenado, Lula terá que devolver R$ 3,7 milhões ao povo. Léo Pinheiro vai confirmar a Sérgio Moro propina ao petista



O ex-presidente Lula ficou inconformado com a apresentação da denúncia do Ministério Público Federal sobre as vantagens indevidas recebidas da OAS. A queixa do petista foi o uso de apresentação gráfica feita através do powerpoint, que classificou como midiática e abusiva. Lula moveu uma ação contra o procurador da República, Deltan Dallagnol exigindo uma reparação de R$ 1 milhão por alegados danos morais.

Na denúncia apresentada em setembro de 2016 pela força-tarefa da Lava-Jato apontava que Lula como beneficiário de R$ 3,7 milhões da empreiteira OAS em vantagens indevidas na forma da aquisição de um tríplex no Guarujá, sua reforma e decoração. O valor contempla ainda o custo de R$ 1.3 milhão pelo armazenamento de parte de seu acervo pessoal quando deixou a presidência, em 2010. Tudo foi bancado pela OAS de seu então amigo Léo Pinheiro. O juiz Sérgio Moro acolheu a recomendação do MPF, na qual Lula foi denunciado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A cobertura do tríplex, segundo os investigadores, tinha o valor à época de R$ 1,4 milhão de reais, o que constituiria uma vantagem indevida de R$ 1,1 milhão de reais. A partir do ano de 2013, o tríplex ainda teria recebido modificações personalizadas para o interesse da família de Lula e custeadas pela OAS no valor de R$ 1,3 milhão de reais. O MPF pediu o ressarcimento de R$ 3,7 milhões ao ex-presidente Lula na denúncia criminal acolhida por Sérgio Moro no ano passado.

Os problemas de Lula nesta ação penal começam a se concretizar nesta quarta-feira, com o depoimento da principal testemunha do caso: o ex-presidente e sócio da OAS, Léo Pinheiro. O executivo tenta retomar seu acordo de delação premiada e já confirmou em depoimento anterior a procuradores da Lava Jato.

Nesta quarta-feira, em seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, o empreiteiro deve confirmar a tese acusatória do Ministério Público Federal de que o tríplex é parte de um total de R$ 3,7 milhões em propinas pagas a Lula e relacionadas a três contratos da OAS com a Petrobras.

Pouco importa o que outras testemunhas de defesa disseram no curso desta ação penal. Todos os fatos que constam na acusação dizem respeito apenas ao ex-presidente Lula e ao seu ex-amigo Léo Pinheiro. Os dois são os únicos seres humanos da terra com poder de esclarecer todos os fatos. Como Lula insiste na tese de que é inocente, caberá a Léo Pinheiro demonstrar o contrário.

O executivo reuniu documentos que comprovam sua versão dos fatos e Lula deve ser condenado a devolver os valores aos cofres públicos. Além disso, Lula será condenado pelos crimes que lhe foram imputados na ação penal, deixará de ser réu primário e se tornará inelegível pela Lei da Ficha Limpa. Se vai responder em liberdade ou não, ai já é outra história.


_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget