\imprensa Viva
.

Procurador Deltan Dallagnol tranquiliza a nação: A Lava Jato tem provas consistentes sobre crimes de Lula



O procurador da República e coordenador da operação Lava Jato no MPF (Ministério Público Federal), Deltan Dallagnol, mandou um recado para os petistas que insistem em afirmar que não há provas que incriminem o ex-presidente Lula. O próprio petista já se manifestou publicamente centenas de vezes alegando que gostaria de ver as provas que o juiz Sérgio Moro tem contra ele, como se isso fosse possível antes da conclusão de seus julgamentos.

Dallagnol concedeu uma entrevista ao UOL para falar do lançamento de seu livro "A Luta contra a Corrupção" (Sextante, 2017, 320 págs., R$ 39,90), marcado para esta noite, na capital paranaense. Na ocasião, o procurador aproveitou para tranquilizar os brasileiros e confirmou que existem provas bastante consistentes sobre os crimes de Lula. Segundo o procurador, a força-tarefa não teria oferecido denúncia contra o ex-presidente se não tivesse "provas consistentes" contra o petista. O procurador salientou ainda que são "várias denúncias", deixando claro que há "provas consistentes" contra Lula em todos os processos.

A conclusão é bastante óbvia. O juiz Sergio Moro também não arriscaria sua reputação e credibilidade internacional acolhendo uma denúncia frágil, que permitisse que a defesa de Lula o livrasse facilmente de uma condenação.

Deltan Dallagnol reiterou este aspecto das denúncias contra Lula apresentadas pelo MPF. O procurador afirmou que "Só foram oferecidas acusações criminais porque entendemos que havia provas suficientes para realizá-las." Isto significa que o que é de Lula "está guardado".
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget