\imprensa Viva
.

O ladrão mais cínico do Brasil. Lula só fala em triplex e finge ignorar outras dezenas de crimes na Petrobras e BNDES



O ex-presidente Lula tem mantido uma estratégia bastante clara para se esquivar das dezenas de denúncias de seu envolvimento em atividades criminosas relacionadas a desvios na Petrobras, envio de recursos do BNDES ao exterior, venda de medidas provisórias e recebimento de milhões em propina da Odebrecht.

Como se tornou réu em cinco ações penais nas quais responde por centenas de situações que caracterizam crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa, o petista tem concentrado toda sua narrativa apenas nos crimes relacionados ao triplex no Guarujá.

Apenas nos casos envolvendo imóveis, Lula é alvo de pelo menos quatro inquéritos. Entre eles, está o famoso sítio em Atibaia, a cobertura do apartamento vizinho ao seu em São Bernardo do Campo e um terreno de R$ 12 milhões numa área nobre de São Paulo, comprado pela Odebrecht para erguer a nova sede do Instituto Lula. O petista foi banido do sítio em Atibaia e não é mais bem vindo pela população local. Lula também foi despejado da cobertura que recebeu de propina da Odebrecht e mandou registrar no nome de um primo de seu amigo, José Carlos Bumlai.

Apesar de ter sido apontado por três executivos da OAS como dono do triplex no Guarujá, Lula insiste em dizer que se o apartamento não está em seu nome, não é seu, como se os crimes de lavagem de dinheiro contemplassem a fé pública.

Mas além de todos os crimes envolvendo a ocultação de imóveis comprados por laranjas com dinheiro roubado dos cofres públicos, Lula responde por crimes em praticamente todos os negócios em que se envolveu após deixar a presidência, como as palestras que serviram para disfarçar recebimento de propina, sua participação na partilha do dinheiro roubado nos projetos do pré-sal e outras confissões graves feitas por seus ex-amigos, como Emílio Odebrecht, Marcelo Odebrecht, Alexandrino Alencar e Léo Pinheiro da OAS.

O cínico insiste em explorar a narrativa do triplex no Guarujá apenas para tirar o foco de seus outros crimes. O processo relativo ao imóvel no litoral paulista é apenas o primeiro de muitos outros que Lula tem pela frente. A técnica adotada por Lula no momento consiste em usar um único processo para desqualificar todos os outros que pesam contra ele. Além de ser réu em cinco ações penais, Lula é alvo de outros 9 inquéritos e corre o risco de ser preso ainda este ano e responder por outros tantos crimes pelos próximos dez anos.
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget