\imprensa Viva
.

Moro detona Lula e hipócritas da esquerda que insistem em esconder dos brasileiros as informações sobre seus crimes



Durante o evento organizado pelo PT para discutir a Lava Jato em São Paulo na semana passada, o ex-presidente Lula afirmou que a operação fez "a coisa mais sem-vergonha" que aconteceu no Brasil, ao se referir a transparência nos processos da Operação Lava Jato.  O petista dirigiu ataques ao juiz Sérgio Moro, aos membros do Ministério Público Federal e da Polícia Federal e afirmou que Moro, o procurador Deltan Dallagnol e "o delegado da Polícia Federal" não têm mais ética, lisura e honestidade do que ele.

"A Lava Jato não precisa de um crime, ela acha alguém para depois tentar colocar um crime em cima de um criminoso. E para isso eles fizeram a coisa mais sem-vergonha que aconteceu nesse país porque um juiz precisa da imprensa para execrar as pessoas, que estão sendo citadas, junto à opinião pública e depois facilitar o julgamento", reclamou o petista, que acusa Moro de usar a imprensa para destruí-lo.

Não é de hoje que Lula, Dilma e companhia reclamam do modo transparente com que o juiz Sérgio Moro e os membros do MPF conduzem as investigações e processos da Operação Lava Jato. Diante dos novos ataque, o juiz Sérgio Moro aproveitou sua passagem pela Argentina na última semana para rebater os argumentos vazios usados por criminosos comprometidos nos processos que conduz na primeira instância.

O magistrado foi recebido com entusiasmo pela população do país vizinho e pelo Governo de Mauricio Macri, que o considera um exemplo. Moro participou de debates na Universidade Católica, onde admitiu que sofre  todo tipo de pressões por combater gente poderosa, como ex-presidentes e empresários corruptos: “pressões sempre há”, disse várias vezes e lembrou que ao agir de forma transparente e tornar públicas todas as audiências é um gesto que fortalece seu trabalho.

“Segundo a Constituição brasileira, todos os processos têm de ser públicos. Na prática isso é excepcional. A maioria desses processos complexos costuma ser encaminhada de forma secreta. Nós decidimos tratar esses casos com o máximo de transparência e publicidade. É importante que a opinião pública possa controlar o que está acontecendo, saber o que a Justiça está fazendo. Isso permitiu que houvesse um grande apoio da opinião pública e serviu como proteção da Justiça porque, quando pessoas poderosas estão envolvidas, há grande risco de obstrução, há pressões. Milhões saíram às ruas, protestaram contra a corrupção e apoiaram as investigações”, afirmou. De fato, a Constituição exige "PUBLICIDADE" em crimes contra os cofres públicos.

O sonho de consumo do investigados na Lava Jato é que todos os processos ocorressem de forma secreta, o que lhes permitira continuar mentindo para o povo e ganhando eleições após eleições, garantindo assim o foro privilegiado. Lula é réu em cinco ações penais e alvo de outros tantos inquéritos na justiça, acusado de ter praticado, em mais de uma centena de oportunidades, crimes como lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa. Segundo o petista, a divulgação destas informações está destruindo sua imagem perante o mundo, algo que levou décadas para construir.

_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget