\imprensa Viva
.

Lula se diz "ansioso" por depoimento ao juiz Sérgio Moro. Petista diz que quer ver provas e vai cair do cavalo em interrogatório



O ex-presidente Luiz tentou minimizar a tensão que tem enfrentado nos últimos dias que antecedem seu interrogatório marcado para o próximo dia 03 de maio pelo juiz federal Sérgio Moro em Curitiba. entrevista à rádio "O Povo CBN", de Fortaleza, Lula disse que está "ansioso" para prestar depoimento. O petista responderá pelos crimes responde de corrupção e lavagem de dinheiro no processo relativo ao triplex no Guarujá e outras vantagens recebidas da empreiteira OAS.

"Estou ansioso para esse depoimento porque é a primeira oportunidade que eu vou ter de poder saber qual é a acusação que eles têm contra mim e qual é a prova que eles têm contra mim", afirmou Lula.
"Quero saber prova efetiva que têm. Prova significa documento, significa coisa escrita, significa conta bancária, significa um monte de coisa", alegou o petista, dando uma de jurista.

O petista, que não escondeu o incômodo por desconhecer as provas juntadas pela força-tarefa da Lava Jato contra ele, mas logo depois caiu em contradição ao afirmar que há um "pacto da força-tarefa da Lava Jato com a imprensa" para "condenar a pessoa previamente antes de ter as provas".

Lula e seus advogados sabem que a situação não é tão simples assim. Treze dias antes de seu depoimento, o juiz Sérgio Moro vai ouvir a principal testemunha do caso: o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro. O executivo, que está há quase um ano tentando retomar seu acordo de delação premiada, já confirmou aos procuradores da Lava Jato que tanto o triplex quanto os gastos de R$ 1.3 milhões com o transporte e armazenamento dos objetos trazidos por Lula do Palácio do Planalto ao fim de seu mandato em 2010 foram propina para o petista.

O executivo, que chegou a pedir ao juiz Sérgio Moro para continuar preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba por temer pela própria vida, já abriu o jogo e entregou as provas sobre seus relatos aos procuradores durante as tratativas de seu acordo de delação. Ao depor no dia 20 de abril, o ex-amigo de Lula fará como o colega Marcelo Odebrecht. Entregará todos os esquemas de corrupção que manteve com Lula ao longo dos últimos 15 anos. 
_____________
__________

Postar um comentário

Todas as notícias

Siga no Facebook

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget